S. J. Batista, Olinda, S. V. Ferrer e Cajapió serão beneficiados pelo Programa Diques da Produção

O Governo do Maranhão criou o programa Diques da Produção, que tem como objetivo garantir a contenção de água doce e o combate da salinização dos campos naturais inundáveis da Baixada Maranhense. O decreto de constituição do projeto foi assinado pelo governador Flávio Dino e pelo secretário-chefe da Casa Civil, Marcelo Tavares, e o secretário de Desenvolvimento Social, Neto Evangelista, na última sexta-feira (20). A medida vai beneficiar 35 municípios do litoral ocidental do Maranhão.

Governador Flávio Dino ao lado dos secretários Marcelo Tavares (Casa Civil) e Neto Evangelista (Desenvolvimento Social)

O programa Diques da Produção atende a um antigo anseio da população da Baixada Maranhense, que sofre, historicamente, com a entrada de água salgada pelos talvegues naturais (igarapés) nas áreas mais baixas da região. A iniciativa visa proteger os ecossistemas e os mananciais de água doce e, ao mesmo tempo, evitar a salinização dos campos naturais. O governador Flávio Dino destacou que os diques são sonhos antigos da população da Baixada Maranhense, e o Estado implementará baseado em experimentos exitosos como os de Anajatuba e Bacurituba. “Há programas federais, mas nós estamos criando o programa estadual e as ações começam ainda neste ano de 2016”, disse.

O programa será implantado e acompanhado pelo Comitê Diques da Produção, formado pelos titulares dos seguintes órgãos: Casa Civil, que o presidirá; Secretaria de Estado da Agricultura Familiar – SAF; Secretaria de Estado da Agricultura, Pecuária e Pesca – Sagrima; Secretaria de Estado do Desenvolvimento Social – Sedes; Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Recursos Naturais – Sema. Marcelo Tavares explicou que, em função do período de estiagem no ano passado, e que se desenha mais forte para esse ano, o Governo vai executar uma série de ações no sentido de garantir a contenção da água doce e, também, evitar a salinização dos campos da baixada maranhense. “É uma ação que vai começar de forma imediata, e, ao contrário de um dique único, que é previsto em uma proposta ainda em tramitação no Governo Federal, nós vamos entrar com várias ações espalhadas por toda região”, explicou o presidente do Comitê.

O secretário-chefe da Casa Civil destacou que estão previstas várias obras de engenharia através de diques, barragens e de canais que vão perenizar a água de várias localidades, além de passagens molhadas, que são pequenas barragens que garantem o controle do fluxo de água. “Tenho certeza que esse é um programa completo e que, pela primeira vez, é executado pelo Estado. Existiam obras dispersas de barragens, ora feita pelo Estado, ora feita por algumas prefeituras, e agora existe um programa mais completo e feito pela primeira vez pelo Governo”, ressaltou Tavares. O secretário Neto Evangelista enfatizou que o programa Diques da Produção vai de encontro com a real necessidade do povo da Baixada Maranhense. “Nós vamos ter aí dois ganhos. O primeiro é evitar o sal dentro das águas doces da região. O outro ganho é o produtivo, que é muito grande, de subsistência e de produção”, esclareceu.

Ele explicou que a Sedes vai executar as ações de construção dos Diques e dos canais e deixar prontos para a equipe da SAF e Sagrima implantarem os projetos produtivos, seja ele do pescado, sobretudo do pescado do campo, e de produção. “É produção e renda para o homem do campo”, realçou. De acordo com o secretário, ainda em 2016 o Governo começará a executar as ações dos Diques da Produção na Baixada Maranhense. “Estamos em fase de assinatura do decreto, de criação do programa, vamos reunir todos os atores responsáveis que vão ter papéis fundamentais para execução até a finalidade, para que no segundo semestre, quando as águas do campo baixarem, a gente comece a implementar as ações do programa”, finalizou Neto Evangelista.

O Programa Diques da Produção contemplará intervenções nos municípios de: Alcântara, Anajatuba, Apicum-Açu, Arari, Bacuri, Bacurituba, Bela Vista do Maranhão, Bequimão, Cajari, Cajapió, Cedral, Central do Maranhão, Conceição do Lago-Açu, Cururupu, Guimarães, Igarapé do Meio, Matinha, Mirinzal, Monção, Olinda Nova do Maranhão, Palmeirândia, Pedro do Rosário, Penalva, Peri Mirim, Pinheiro, Porto Rico do Maranhão, Presidente Sarney, Santa Helena, Santa Rita, São Bento, São João Batista, São Vicente Ferrer, Serrano do Maranhão, Viana e Vitória do Mearim.

Folha de SJB

Município de São Vicente Ferrer se destaca na vacinação contra febre aftosa

Vacinação em São Vicente Ferrer

Como parte dos esforços do governo estadual para manter o reconhecimento internacional do Maranhão como área livre de febre aftosa com vacinação, as Unidades Regionais da Agência Estadual de Defesa Agropecuária (Aged) estão promovendo vacinações oficiais e ações de educação sanitária em áreas indígenas, comunidades quilombolas e Projetos de Assentamentos (PA) de todo o estado.

Somente nesta semana, foram vacinados, pela equipe da Aged,mais de 80 bovinos da comunidade quilombola do povoado Juçaral, em São Vicente de Ferrer, e 45 do Projeto de Assentamento Lagoa da Cigana, em João Lisboa. Também foram entregues 2600 doses de vacina para imunizar o rebanho de 10 comunidades indígenas, em Fernando Falcão, Barra do Corda,Jenipapo dos Vieiras, Itaipava do Grajaú, Grajaú e Arame.

Em São Vicente de Ferrer, onde a Unidade Regional de Viana também ministrou uma palestra na escola do povoado de Juçaral, ochefe da Unidade, Antônio José Fernandes, destacou a participação das comunidades e a importância de se ter escolas como parceiras. “Foram vacinados 84 bovinos em ação oficial, o que demonstra a grande importância da iniciativa no seio da comunidade. Essa ação também serve de incentivo para que os criadores ainda não cadastrados tenham a determinação em fazê-lo”, apontou.7

Além das vacinações oficiais realizadas com o apoio do Fundo de Desenvolvimento da Pecuária do Estado do Maranhão (Fundepec – MA), a Aged e Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) estão oferecendo, durante todo o mês de maio, treinamento de vacinadores de bovinos e bubalinos contra febre aftosa aos 30 municípios do Programa Mais IDH do governo estadual.

Além da vacinação oficial, os fiscais estaduais dão palestras sobre a febre aftosa nas escolas das comunidades.

Os cursos têm carga horária de 16h, incluem aula prática de vacinação e devem formar de 15 a 20 vacinadores em cada município. Para a Agência, a iniciativa vem complementar as ações estratégicas voltadas aos pequenos criadores. “Há 14 anos, vimos mobilizando os produtores e as autoridades para doarem vacinas. Todo ano doamos vacinas para as áreas quilombolas e indígenas e, este ano, também estamos oferecendo treinamento para esses municípios com menor Índice de Desenvolvimento Humano”, declarou o presidente da Agência, Sebastião Anchieta.

Folha de SJB

Incra disponibiliza dados sobre a Comunidade do Charco, em São Vicente Ferrer

Trechos da Comunidade do Charco / Foto: Incra

A Superintendência Regional do Incra no Maranhão disponibiliza para consulta extratos simplificados de avaliação das Fazendas Sítio Raiz, Noele, Juçaral I, Juçaral II e Santa Rita. Os imóveis rurais estão localizados no território quilombola Comunidade Charco, no município de São Vicente Férrer (MA).

A publicação dos extratos na página institucional da regional atende ao disposto no artigo 6º da Norma de Execução Conjunta DT/DFN/Incra nº 03, de 21 de junho de 2010, e ainda aos princípios da publicidade e economicidade no serviço público.

Os interessados podem consultar os processos administrativos na sede regional do Instituto, em São Luis, localizada na Avenida Santos Dumont, 18 – Bairro Anil. Mais informações pelo telefone (98) 3878-7450.

Consulte a seguir os extratos simplificados dos laudos de vistoria e avaliação dos imóveis rurais. Extrato simplificado de avaliação da Fazenda Sítio Raiz e Extratos simplificados de avaliação das Fazendas Noele, Juçaral I, Juçaral II e Santa Rita.

Folha de SJB

Secti formaliza doação de terreno para Iema em São Vicente Ferrer

Com a proposta de levar aos jovens maranhenses uma educação com a oferta de ensino médio, concomitante com o técnico profissionalizante em uma escola de tempo integral, o Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (Iema) ganhará uma unidade no município de São Vicente Ferrer. A doação foi realizada pelo Instituto de Colonização e Terras do Maranhão (Iterma). Para formalizar a doação, o secretário de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação, Jhonatan Almada, recebeu na quinta-feira (12) a visita da tabeliã e oficial registradora da cidade de São Vicente Ferrer, Claudiane Cavalcante. “Com a formalização da escritura pública de doação, esse marco para a educação se aproxima cada vez mais dos moradores a partir deste momento de protocolar pelo Iterma e prefeitura de São Vicente Ferrer. Iremos acompanhar os trâmites da licitação”, explicou a tabeliã Claudiane Cavalcante.

A área doada corresponde a 19.800 mil metros quadrados de extensão e vai abrigar as instalações do instituto, que dispõe de um projeto pedagógico próprio, além de estrutura diferenciada com salas climatizadas, ginásio poliesportivo, auditório, laboratório, área de vivência e refeitório, infraestrutura necessária para melhor atender a demanda estudantil dos municípios que não dispõem do ensino profissionalizante público. “Essa unidade Iema São Vicente visa abranger também municípios vizinhos daquela região”, destacou Jhonatan Almada. O secretário disse, ainda, que o compromisso do Governo é de construir mais unidades do Iema, levar os cursos técnicos e capacitar a juventude para o mercado de trabalho.

“A população de São Vicente está muito esperançosa. É a oportunidade que o município esperava, e a cidade só tem a ganhar com o Iema, que representa um atributo muito forte para a educação. A implantação do instituto mudará a realidade dos jovens, que a partir de agora terão oportunidade de se qualificar para o mercado de trabalho”, concluiu Claudiane Cavalcante. No total, cinco Iemas estão em processo de licitação. São os de Coroatá, Matões, Carutapera, Santa Helena e São Domingos do Maranhão.

O Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (Iema) foi criado no dia 02 de janeiro de 2015, com o intuito de ampliar a oferta de educação profissional técnica de nível médio no Estado. A proposta é instalar o Instituto em 23 municípios até 2018, oferecendo à sociedade estrutura para o ensino, pesquisa e extensão, respeitando as necessidades de cada local.

Folha de SJB

Agora lascou: Cemar corta luz de secretaria em São Vicente Ferrer

Após uma intensa semana de notícias ruins para o município de São Vicente Ferrer, a coisa conseguiu piorar. É que segundo as informações passadas por uma fonte do blog, a Companhia Enérgica do Maranhão cortou a luz da Secretaria Municipal de Ação Social.

Prefeita Maria Raimunda ao lado da ex-governadora Roseana Sarney

Na semana passada, a Cemar já havia cortado a luz da Prefeitura Municipal e a prefeita Maria Raimunda, que administra a cidade por força de uma liminar do desembargador Serejo, ainda não pagou o que deve à companhia.

Semana passada, o município recebeu destaque em vários blogs de São Luis. Uma das matérias que saiu foi que no ano de 2014, a empresa Diego Assunção dos Santos (Comercial Divina) foi a detentora do contrato para fornecer os gêneros alimentícios para a merenda escolar do Município de São Vicente Férrer.

O valor destinado para a prestação de serviço foi de R$ 154.779,50. O que desperta a atenção não é a quantia emprega em si, mas o porte da empresa contratada. A empresa em questão está situada no Bairro da Alemanha, no Município de São Luís, conforme o comprovante de inscrição do Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica.

De acordo com a denúncia encaminhada ao Blog, o pequeno estabelecimento dificilmente teria condições de atender a grande quantidade de alimentos exigida no edital da licitação. “A não ser que a mesma venha fornecer nota fiscal de forma irregular para maquiar contas púbicas”, frisa um trecho da denúncia. Com informações de Neto Ferreira.

Folha de SJB

Dedetização do Fórum ocasiona suspensão de expediente em São Vicente Férrer

O juíz que responde pela Comarca de São Vicente Férrer, Luiz Emílio Bittencourt, determinou a suspensão de atendimento ao público e de prazos processuais hoje, 16 de maio, em decorrência dos serviços de dedetização no Fórum Desembargador José Henrique Campos.

A suspensão, determinada através da Portaria n.º 04/2016-GJ, ocorre em virtude de preservar a saúde do magistrado, servidores, advogados, partes e jurisdicionados que transitam pelo fórum.

Os prazos processuais dos feitos em trâmite na comarca serão suspensos e prorrogados para o primeiro dia útil subseqüente. Durante o período de suspensão o Fórum da Comarca de São Vicente Férrer funcionará em regime de plantão judicial, atendendo os casos de natureza urgente previstos em Lei.

A comarca de São Vicente Férrer é de entrância inicial e fica a 271 km de São Luís. O Poder Judiciário naquela cidade funciona na Rua Paulo Ramos, s/nº. – Centro. A cidade de Cajapió é termo da comarca.

Folha de SJB

Novas denúncias contra a prefeita de São Vicente Ferrer circulam em blogs

O município de São Vicente de Férrer, na baixada maranhense, está sofrendo notoriamente com a corrupção de uma péssima administração. Quem passa pela cidade pode se deparar com lixão, esgotos estourados, escolas e prédios deteriorados. Alguns assemelham á uma cidade fantasma de tão maltratada que está. O caos tem tomado de conta da cidade, até o funcionalismo não tem seus proventos respeitados, estão há meses sem receber.

pac

A covardia por parte do gestora de São Vicente é grande a ponto de permitir que as crianças fiquem sem merenda escolar. Sendo que só o governo federal enviou um pouco mais de R$ 3 milhões para educação. Clique aqui e veja. O caos também toma de conta da saúde municipal, que de forma mais descarada, simplesmente não existe.

O único hospital que funciona em São Vicente de Férrer não tem condições adequadas para atender pacientes, oras, sem médico, medicamentos e sem a estrutura básica, é impossível ajudar quem dele necessita. O mais estranho é que somente no ano de 2016 a prefeitura recebeu R$ 656.899,19 investir na saúde, mas mesmo assim, os cidadãos não conseguem ver como foi usado esse dinheiro.

lixão em svf

São inúmeras irregularidades que podem ser facilmente detectadas, dentre elas, estão os ônibus escolares que não possuem a menor segurança para os alunos. Estes trafegam sem placa, com pneus velhos e sem nenhum registro junto ao Detran. Mas mesmo assim transporta diariamente crianças e adolescentes sem nenhuma advertência.

Concluindo: todos os setores primordiais a que tem direito o cidadão, estão deficitários. Saúde, Educação, Infraestrutura e salário – direito sagrado do trabalhador. Matéria reproduzida na íntegra do Blog do Luis Cardoso.

svf

Conab doa 5 mil cestas de alimentos para S. J. Batista, S. V. Ferrer e outros municípios

A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), por meio da Superintendência Regional do Maranhão, iniciou esta semana a entrega de cestas de alimentos para comunidades quilombolas do estado.

As doações beneficiarão cerca de 5 mil famílias de 15 municípios: Cajari , Pinheiro ,São João Batista, Cedral, Itapecuru Mirim, Serrano do Maranhão, Vitória do Mearim, João Lisboa ,Palmeirândia, São Vicente de Ferrer, Central do Maranhão, Presidente Juscelino, Morros, Porto Rico e Matinha.

As 5.774 cestas de alimentos  são compostas de arroz, feijão, açúcar, macarrão, leite em pó, óleo de soja, flocos de milho e farinha de mandioca e devem ser retiradas por representantes das comunidades contempladas na Unidade Armazenadora da Conab em São Luís.

A ação é fruto de uma parceria da Companhia com o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome  (MDS), que visa prestar assistência a comunidades em situação de insegurança alimentar e nutricional. Com essas doações, a Conab chega totaliza 25 mil cestas de alimentos distribuídas este ano em todo o estado do Maranhão.

Folha de SJB

Zé Abreu vai disputar quinta eleição para prefeito em São João Batista

O ex vice-prefeito do município de São João Batista, Zé Abreu, disse que irá disputar mais uma vez a Prefeitura Municipal. Com essa, só em nossa cidade, ele disputará a quinta eleição para prefeito, sem contar as eleições para deputado estadual e federal.

Zé Abreu durante campanha na eleição passada

Ao blog, ele disse que mais uma vez está colocando seu nome a disposição do povo joanino e que já anda fazendo visitas a famílias na zona rural. Desde quando ganhou as eleições para vice-prefeito ao lado de Zequinha Soares, Zé Abreu vem disputando quase todas as eleições municipais como vice ou prefeito.

Abreu afirmou que já recebeu diversos convites para fazer parte de outros grupos e que também já está mantendo conversas como outros pré-candidatos. Ele está filiado no Partido da Mobilização Nacional (PMN) e disse está confiante em seu projeto.

Perguntado se não desistiria, Zé Abreu foi categórico e disse ‘que destes mais de 15 pré-candidatos a prefeito de São João Batista, só ele já está certo para disputar, pois é ficha-limpa e tem credibilidade para pedir o voto do joanino’.

Zé Abreu já disputou 4 eleições para prefeito, 02 para vice, uma para deputado estadual e uma para deputado federal. Na eleição do então governador Jackson Lago, ele obteve quase 4 mil e ficou na segunda suplência.

Folha de SJB

Veja quantos milhões Olinda, Cajapió, São Vicente e S. J. Batista já receberam esse ano

O blog divulga agora quantos milhões as prefeituras das cidades de Olinda Nova do Maranhão, Cajapió, São Vicente Ferrer e São João Batista já receberam esse ano do Governo Federal. Os repasses são divulgados pelo Portal da Transparência.

De acordo com as informações, a cidade de Olinda Nova, comandada pelo prefeito Costinha, já recebeu até hoje 10.369.891,16 de reais. Administrada pelo prefeito Nonato Santos, a cidade de Cajapió recebeu 5.883.390,30. O Fundeb e o Fundo de Participação foram os fundos que mais caíram dinheiro.

O município de São Vicente Ferrer recebeu até agora cerca de 11.472.353,92. A cidade ainda está sendo administrada pela prefeita Maria Raimunda. Por último, São João Batista recebeu 12.792.480,00 reais, comanda pelo prefeito Amarildo Pinheiro.

Das cidades que o blog posta informações, o município de São João Batista foi o que mais recebeu dinheiro.

Folha de SJB

Conceição diz que não está protegendo Maria Raimunda em São Vicente Ferrer

Ao ser entrevistada em uma rádio local, na cidade São Vicente Ferrer, a ex-vereadora e pré-candidata a prefeita Conceição Castro disse que não está tentando manter a prefeita afastada e sua principal rival das ultimas eleições municipais, Maria Raimunda.

Conceição diz que não está tentando manter Maria Raimunda no cargo

De acordo com as informações, Maria Raimunda continua no cargo porque ainda não foi notificada da ultima decisão do desembargador Bayma Araujo, que negou recurso dos advogados da prefeita e mandou que a decisão do juiz Emílio Braúna Bittencourt Júnior prevalecesse.

Durante a entrevista, Conceição disse que não está tentando manter a prefeita no cargo, nunca se reuniu com Maria Raimunda e que muito menos esteja articulando para ele continuar no posto de prefeita de São Vicente Ferrer. Conceição se mostrou surpresa com os supostos boatos que corre na cidade.

“Eu quero ver eles provarem se eu estava conversando com Dona Maria Raimudan e a maior prova que eu tenho é ela. Eu estava cuidando da minha saúde em São Luis. Agora eu não persigo ninguém e nem estou em São Vicente pra isso”, disse a pré-candidata a prefeita que perdeu para Maria Raimundo por um pouco mais de 100 votos em 2012.

A declaração foi porque tem um suposto aúdio onde Conceição Castro estaria pedindo que Maria Raimunda permaneça no cargo de prefeita. O blog não conseguiu o aúdio e Conceição nega a existência dele. Enquanto isso, Maria Raimunda continua no cargo e ainda não tem previsão para sair.

Folha de SJB

Jornalista chama prefeita Maria Raimunda de caloteira

Maria Raimunda

Quem por alguma razão visita São Vicente de Férrer, na Baixada Maranhense, pode constatar o quão abandonado está o município.  Ruas quebradas e sem recolhimento de lixo, esgotos estourados, escolas  e prédios públicos deterioradas sem nenhuma manutenção há bastante tempo. Completamente a ‘Deus-dará’, como se fala popularmente.

E pior: Os  funcionários públicos municipais não recebem seus salários tem meses, sem falar da merenda escolar que também não tem sido distribuída aos alunos, e o hospital, o único da cidade, funciona sim, mas de forma precária, sem instalações  adequadas, medicação ou atendimento. Sem contar que máquinas, caçambas e outros veículos que poderiam estar sendo utilizados para prestação de serviço á população, estão quebrados e abandonados.

Os ônibus escolares estão todos irregulares, sem cinto de segurança e sem  pneus adequados, estes veículos trafegam sem placas e  nenhum registro junto ao Detran. Mesmo assim, ele transporta diariamente crianças e adolescentes sem nenhuma advertência. Concluindo: todos os setores primordiais a que tem direito o cidadão, estão deficitários. Saúde, Educação, Infraestrutura e salário – direito sagrado do trabalhador.

De acordo com os moradores, a cidade está completamente abandonada, ‘um verdadeiro caos’, como costumam se referir. Trabalhadores, comerciantes, fornecedores e prestadores de  serviços, completamente endividados. Sem circulação monetária, a cidade sobrevive apenas da renda dos aposentados do INSS, é o que garantem aqueles que têm sentido na pele o que resulta do desmando da prefeita Maria Raimunda Araújo Sousa. Segundo o advogado Xenócrates Duque Bacelar que acompanha todo o movimento naquele município, o  Ministério Público Estadual, (MPE), e a Justiça estão movendo ações de iniciativa da população,  com vistas a apurar todas as irregularidades encontradas na administração atual.

Ele conta que ao assumir a prefeitura interinamente, o vice Eliézer Gatinho Arouche Santos, priorizou o pagamento da folha. Todos os meses que se encontravam em atraso, foram atualizados. “Em seguida, conta ele: Arouche deu início a uma auditoria interna para levantar a real situação da administração municipal, mas infelizmente não foi possível concluir, uma vez que o tempo em que ficou no cargo foi muito pequeno”, destacou, ressaltando que de 180 dias a que fora afastada, a gestora cumpriu apenas cinco, cumprindo  uma liminar que  requereu na justiça, para ter  o direito de voltar ao cargo.

Bacelar informa, no entanto que, a população aguarda a tramitação de todos os seis processos. “Nesse momento estamos aguardando a decisão da justiça”, disse ele esperançoso. Em razão as denúncias recorrentes, o MPE, por meio da promotora Alessandra Darub Alves, titular da promotoria de São Vicente de Férrer, deu-se entrada em seis ações com ato de improbidade  administrativa contra a gestora, em função do atraso de salários dos servidores, mesmo assim, a gestora  recorreu duas vezes.

Novamente, o MPE reiniciou o processo, e  o juiz  Luiz Emílio Braúna Bittencourt Júnior  concedeu  o afastamento por 180 dias, (ou seis meses), incluindo bloqueio de todas as contas administradas pela prefeita que permanece no cargo sem mudar o cenário caótico do município. Matéria reproduzida do Blog da Silvia Tereza.

Folha de SJB

Durante entrevista, Lelé Arouche confirma pré-candidatura em São Vicente Ferrer

Lelé Arouche

Eliezer Arouche, mais conhecido como Lelé Arouche (PDT), é o atual vice-prefeito de São Vicente Férrer, e, em menos de uma semana, assumiu a Prefeitura da cidade duas vezes, por conta do afastamento da Prefeita Maria Raimunda, determinado pela Justiça. Jovem e inteligente, Lelé desponta como favorito para se tornar o novo prefeito da cidade a partir de 2017, graças ao seu trabalho e comprometimento com o povo vicentino.

Gestor público, cresceu dentro da política por conta de seus pais. Em uma entrevista exclusiva e reveladora ao Blog da Cristiana França , Lelé Arouche conta também porque rompeu com a prefeita afastada logo no início do mandato, e disse porque é candidato à vaga de Prefeito nestas eleições municipais de 2016.

CF- Lelé Arouche, você vem de uma família de políticos e cresceu acompanhando a política. Desde 2013, você é vice-prefeito de São Vicente Férrer. Como se deu essa articulação?

É verdade, eu nasci em um ambiente totalmente politizado, e desde muito cedo percebi que eu poderia fazer muito pela população. Trago a política na veia, mas na própria veia a política velha se renova e me impulsiona a trabalhar uma nova maneira de gerir, o povo vicentino é um povo sofrido, mas nunca foge à luta. E exatamente esse “não fugir a luta” que motivou- me a sair vice, na época, da atual prefeita. A escolha de um vice é a mesma escolha que se faz na hora do voto: acredita-se que o propenso candidato fará o melhor. Infelizmente não aconteceu.

CF- Por quanto tempo ainda você foi aliado da Prefeita Maria Raimunda? Quando se deu, de fato, esse rompimento?

As divergências aconteceram logo no início do mandato, quando percebi que eu estava sem espaço para implantar as propostas tantas vezes discutidas e acordadas. Poderia ter abandonado logo no início, mas o povo, a juventude acreditou em mim, e eu precisava corresponder. Infelizmente a ganância e os desmandos de quem estava à frente, fez-me ao final do primeiro ano, assumir com muita responsabilidade uma oposição ao governo, no entanto tornei pública e atuante em meados de 2014 quando de fato já não dava, como cidadão, para ver “a banda passar”….botei meu bloco na rua. Arregacei as mangas e trabalhei ativamente levando saúde para povoados não assistidos; providenciei capacitação em vários cursos para trabalhadores rurais, donas de casa, juventude. Tudo isso contando com parceiros, já que até mesmo o meu salário já não era depositado.

CF- Sabemos que o município, desde o primeiro ano de gestão da atual Prefeita, passa por dificuldades, inclusive com várias irregularidades denunciadas pelo Ministério Público. Na sua opinião, como anda a administração municipal de São Vicente Férrer e o porquê de tantos problemas?

Hoje, amadurecido politicamente, eu posso afirmar que não dá para colocar qualquer pessoa para gerir um município. É preciso ter responsabilidade, conhecimento técnico e se cercar de pessoas capacitadas. Dizer não para conchavos políticos. Nesse meio tempo, eu ingressei na Faculdade e hoje sou Gestor Público. É exatamente isso…não dá para votarmos em beijos e abraços.

CF- Recentemente, você assumiu a cadeira de prefeito, devido ao afastamento da Prefeita. Como foram esses dias à frente da Prefeitura? O que deu pra fazer nesse curto espaço de tempo?

Em uma análise proporcional, eu posso dizer que em três dias, eu fiz o que deixou de ser feito em mais de três anos. Mesmo sendo uma metáfora, a única coisa que não fiz foi “sentar na cadeira de prefeito”. A minha preocupação concentrou-se no pagamento dos salários do funcionalismo, e deixei autorizado. Retirei da secretaria de saúde a filha da prefeita, sim, filha…mas foram só três dias, e o tsunami de irregularidades é muito maior que três dias.

CF- É de conhecimento geral que você é candidatíssimo a Prefeitura da cidade. Como estão as articulações? Porque você decidiu ser candidato a Prefeito em São Vicente Férrer?

Pois é, sou pré-candidato à prefeitura, me preparei para fazer uma boa gestão. Sinto que devo isso à população, à juventude que comprou a ideia do “juntos somos mais fortes”. Tenho um grupo solidificado, tenho propostas e principalmente, tenho o povo que pede tal candidatura. Sendo assim… Sou pré-candidato.

Folha de SJB

Conceição Castro confirma pré-candidatura a prefeita de São Vicente Ferrer

Conceição Castro

A Professora Conceição de Maria Pereira Castro (Conceição)  em conversa com o titular do Blog, falou que voltará a lançar o seu nome para ser candidata a prefeita neste ano  na cidade  de São Vicente de Ferrer , desta vez pela Sigla PP. Conceição  é uma Vicentina apaixonada por sua terra natal , tem um carinho e um amor incondicional pelo seus conterrâneos. Conceição Castro tem serviços prestados na cidade, sempre preocupada com a Educação de qualidade, Saúde, Infraestrutura, o combate contra a corrupção, e é uma implacável lutadora contra as desigualdades sociais dos vicentinos.

Conceição pode vir a ser uma boa prefeita,  independente do quanto estudou ou de quanto tem experiência. Ela tem vivenciado os piores momentos que tem transformado São Vicente num verdadeiro caos administrativo, porquanto é o motivo do lançamento da sua candidatura, assumindo o compromisso na forma se eleita,  trazer uma solução para os problemas da sua terra. Compromisso é parte fundamental de uma administração compromisso  ; o quanto a gestora  atual de São Vicente é uma descompromissada com as ações municipais em todas as esferas da administração; ter vontade de trabalhar; ser honesta e humanizada.

Ter uma assessoria competente, que trabalhe junto com o povo. Pois na politica e nas administrações publicas não há mais espaço para pessoas centralizadoras. Foi o que aconteceu por conta do descompromisso  da   gestora atual- muito foguetório, tomou muito espaço, fez muito barulho e por dentro é vazia. É nesse cenário nebuloso e incerto que a cidade e a gestora atual de São Vicente juntamente com  os seus personagens trocaram o conceito do bem e as características altruístas a exemplo de vários aspectos culturais como sejam: (religião, educação etc.…)  pelo abandono a seu povo. Com isso hoje eles vivem numa incerteza de vitória na reeleição.

Neste estudo, tomei por conhecimento objetos de estratégia de quem em 2012 venceu uma eleição com uma diferença mínima de votos Eleita com  5.735 votos (50,58%). Contra 5.603 votos (49,42%). Apenas 132 votos de diferença dificilmente depois de todo o transtorno  e destruição que causou no município, a gestora atual não chegará a reeleição.

Vamos aguardar… com certeza a Professora Conceição sairá vencedora na eleição á prefeitura de São Vicente. O Projeto da pré-candidata não é um projeto pessoal. E sim um “Projeto de Gestão Responsável, coletiva e marcada pela probidade, em defesa do município e de sua gente”. Fonte: Blog do Zé da Graça.

Folha de SJB

Ministério Público verifica irregularidades em transferência de eleitores em São Vicente

Cartório Municipal

Uma diligência no Cartório Eleitoral de São Vicente Férrer, realizada, em 4 de maio, pela titular da Promotoria de Justiça da 111ª Zona Eleitoral, Alessandra Darub Alves, constatou o alto número de pedidos de transferência de domicílios eleitorais no município, resultando em mais de 200 pedidos de indeferimento, ajuizados pelo Ministério Público. Além da quantidade de veículos chegando à cidade transportando eleitores, a vistoria também foi motivada pelo número excessivo de eleitores que solicitam transferências no Cartório Eleitoral, anexando declarações de residência, emitidas por associações.

Entre essas entidades, estão a Associação dos Moradores de Mangueiral e Associação de Moradores do Povoado de Tezo Alto, de Cajapió. “No povoado de Tezo Alto, moram 60 famílias. Então, 73 pedidos de transferência é um número excessivo para a quantidade de habitantes do local”, relata Alessandra Darub. “Já houve casos em que o número de eleitores supera o número de habitantes, tendo-se que realizar uma revisão”, acrescenta.

A promotora de justiça verificou que o presidente da Associação de Moradores do Povoado de Tezo Alto, Estevão Dourado, havia expedido somente 10 fichas de inscrição de associados. Foram entregues várias fichas, assinadas e carimbadas, em branco, para o diretório local de um partido. Quatro pré-candidatos foram indicados como responsáveis pelos cadastros das pessoas. Segundo Dourado, em São Vicente Férrer e Cajapió, várias associações e o Sindicato de Trabalhadores Rurais foram usadas nas fraudes. “Em algumas fraudes eleitorais, pré-candidatos se comprometem com eleitores de outros municípios para transferirem seus títulos em troca de favores, como custeio de viagens para a transferência do título e votação, até promessas de empregos após a eleição”, explica Alessandra Darub Alves.

Nas fraudes eleitorais, verificadas durante a diligência no cartório, a irregularidade mais frequente foi a divergência entre idades, tempos de domicílio e de associação às entidades, constantes nas declarações de residência, que são anexadas aos pedidos de transferência de domicílio eleitoral.

Um caso constatado foi o caso de uma jovem de 21 anos de idade, que informou residir em São Vicente Férrer há 2 anos, anexando um registro de uma associação de moradores. No pedido de mudança, ela afirma que é trabalhadora rural há 18 anos, o que faz deduzir que ela começou a trabalhar na lavoura aos 3 anos.

Folha de SJB

Tchau querida: Prefeita de São Vicente Ferrer volta a ser afastada pelo TJ

Maria Raimunda

A prefeita Maria Raimunda Araújo Sousa voltou a ser afastada novamente do cargo hoje por determinação do desembargador e presidente do Tribunal de Justiça do Maranhão, em exercício, Antonio Fernando Bayma Araújo. O desembargador cassou a liminar de seu colega, Lourival Serejo, e voltou a decisão inicial do juiz que a afastou.

Segundo advogados ouvidos pelo Blog Folha de SJB, o que aconteceu foi que a prefeita entrou com duas ações, no final do mês passado, para derrubar a decisão do Luiz Emílio Braúna Bittencourt Júnior, que atendeu um pedido do Ministério Público do Maranhão, em Ação Civil Pública por improbidade administrativa proposta em 2013, e determinou o afastamento da prefeita de São Vicente Férrer, Maria Raimunda Araújo Sousa, por 180 dias.

Nas ações, Maria Raimunda pedia a imediata suspensão dos efeitos da decisão e conseguiu uma vitória na primeira ação, impetrada no dia 26 de abril no Tribunal de Justiça. Essa decisão caiu nas mãos do desembargador Serejo e ele entendeu que a decisão do juiz estava improcedente e anulou todos os efeitos de sua decisão. Dias depois ela voltou ao comando do município e o vice, Lelé Arouche, que já estava no comando do município, teve que sair. Porém, uma semana depois o caso teve uma reviravolta.

A segunda ação impetrada pelos advogados de Maria Raimunda caiu nas mãos do desembargador Bayma Araújo, que não só cassou a decisão do seu colega como mandou prevalecer a decisão do juiz Luiz Emílio Braúna Bittencourt Júnior, que afastou a prefeita por 180 dias. Em sua decisão, o desembargador Bayma diz que ‘indefere a ação da requerente e mantém os efeitos da liminar concedida na Ação Civil Pública por Ato de Improbidade Administrativa n° 764-77.2013.8.10.0130 (735/2013), tramitante na Comarca de São Vicente Férrer/Ma, em que determinado imediato afastamento da Requerente do cargo de Prefeita,pelo prazo de180 (cento e oitenta) dias’.

Bayma diz ainda que não há conflito de decisões.  “o presente indeferimento, quando já beneficiada a Requerente com a precedente decisão liminar concedida no Agravo de Instrumento n.º 19.316/2016, não importará em conflitância de decisões, tendo em vista a prevalência desta, por proferida em sede recursal e de natureza judicial, de abrangência maior do que a lançada nestes autos, de natureza administrativa ou política. Desta decisão, oficie-se, imediatamente, ao Juízo de Direito da Comarca de São Vicente Férrer/Ma, para conhecimento tomar, bem ainda ao eminente Desembargador Lourival de Jesus Serejo Sousa, relatordo Agravo de Instrumento n.º 19316/2016,servindo, de logo,a presente, como ofício/mandado para fins de cumprimento.”, finalizou.

Sendo assim, segundo os advogados ouvidos pelo blog, como o vice-prefeito Lelé Arouche já tinha assumido na semana passada, ele apenas assumirá mais uma vez, não sendo necessário uma nova posse. O blog voltará a qualquer momento para falar sobre a repercussão da informação.

Folha de SJB

S. J. Batista, Olinda Nova, S. V. Ferrer e Cajapió recebem alerta de fortes chuvas para hoje

Quase 80 cidades do Maranhão estão na zona de atenção do Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos (CPTEC), do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), sobre o risco de chuvas intensas nesta quinta-feira (5), em parte do litoral ocidental e oeste do Estado.

Entre as cidades, estão São João Batista, Olinda Nova do Maranhão, Cajapió e São Vicente Ferrer, além da capital maranhense, São Luís, e Imperatriz – segunda maior do Maranhão –, que registrou nas últimas 24h um dos maiores índices pluviométricos do Nordeste, segundo dados das estações automáticas do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet): 25,8 mm.

Segundo as autoridades, em casos de emergências, a população deve acionar a Defesa Civil, pelo telefone 153; o Corpo de Bombeiros, pelo 193; ou a Polícia Militar, pelo 190, sistemas que funcionam 24h ao dia. Porém quase nenhum destes telefones funcionam em nossas cidades, o que dificulta a comunicação.

No norte e oeste do Maranhão, a quinta-feira deve ser de nebulosidade variável e pancadas de chuva isoladas. Nas demais áreas da região, sol e poucas nuvens. A tendência segue para a sexta-feira (6), quando no centro-sul do Estado haverá também possibilidade de pancadas de chuva a partir da tarde.

Em São Luís, o dia deve ser de nebulosidade variável com pequena chance (inferior a 30%) de chuva pela tarde. Na sexta-feira, a previsão é de predomínio de sol pela manhã e à tarde chove com trovoada.

Folha de SJB

Blogueiro denuncia caos na saúde do município de São Vicente Ferrer

Prefeita Maria Raimunda

O blogueiro pinheirense Zé da Graça, pai do médico Giovanne, denunciou hoje o caos que vive a saúde do município de São Vicente Ferrer. Administrado pela prefeita que só voltou ao comando da administração devido a uma liminar do desembargador Serejo, o município está totalmente abandonado e a população denuncia o descaso na área da saúde. Vejam o que ele disse em sua página.

“Além de a população ter que conviver num município onde o IDH (Índice de Desenvolvimento Humano ter indicadores de longevidade (saúde), renda e educação baixíssimas, têm ainda de conviver com o medo de morrer na porta de um hospital. Visto da precariedade que se encontra o Hospital Municipal de São Vicente de Ferrer- Precisamos denunciar de funcionamento e atendimento, começou uma escalada de migração de pacientes para outros municípios vizinhos em busca de socorro médico chegando a superlotar o hospital de São João Batista o mais próximo e matinha, isso quando não se deslocam até Viana.

Esse local chamado de hospital, não tem a mínima estrutura para funcionar nada. É necessário ter responsabilidade com o povo de São Vicente. Não dá para fechar os olhos para essa realidade tão grave. As pessoas estão vivendo um verdadeiro caos atrelado ao ponto do desespero quando vão ali procurar saúde a muito se deparam com a falta de médicos, anestesistas, medicamentos, alimentos para pacientes e nem material para um simples curativo até mesmo sacos plásticos para colocar lixo do hospital, nada mais ali funciona.

Segundo informações das pessoas que me enviam reclamações, existe também por parte do poder executivo a desvalorização dos profissionais da saúde naquele município.  A população e os profissionais  sentem muito com esse abandono por parte da prefeitura, mas os funcionários sentem muito mais  com essa falta de valorização da categoria que tem que atender o povo em um local totalmente precário. Essa situação é lamentável, deplorável. O hospital está abandonado é um falta tudo.

Senhora prefeita, uma liminar lhe deu direito de ser reconduzida ao cargo após o seu afastamento por acusação de improbidade administrativa e desvio de recursos públicos, agora necessariamente V.Sª e sua secretária de saúde devem honrar os cargos que assumem, é inadmissível essa situação lamentável e deplorável de como você conduz o patrimônio que não é seu, é do POVO.

Você precisa adotar providências urgentes, pois a população não aguenta mais tanto descaso na saúde pública. Lembre-se: A Constituição diz o seguinte: art.II – a saúde é um direito fundamental do ser humano, devendo o estado e município promover as condições indispensáveis ao seu pleno exercício.

Pois bem. Comece a cumprir com o restante das suas obrigações os Vicentinos não aguentam mais tanto descaso na saúde publica da sua terra. Cuidado com a palavra de ordem em outubro. TCHAU QUERIDA!”. Fonte: Blog do Zé da Graça.

Folha de SJB

Lelé Arouche homenageia trabalhadores de São Vicente Ferrer

Lelé Arouche ao lado de seu pai e uma moradora, durante ação social

O vice-prefeito da cidade de São Vicente Ferrer enviou nota ao blog homenageando os trabalhadores vicentinos em alusão ao primeiro dia maio, Dia do Trabalhador. Ele assumiu a prefeitura por uma semana e mostrou como se faz, autorizando o pagamento de todos os funcionários.

“Hoje comemoramos o Dia do Trabalhador. Parabéns a todos os profissionais que dignificam o nosso município em todas as áreas, sem que uma atividade se sobreponha a outra. O importante é a contribuição que trazem para a sociedade”, disse.

Ele também disse em sua cidade, os trabalhadores estão sendo desrespeitados pelo administração municipal. “Trabalhadores que mesmo tendo o seu salário desrespeitado e consequentemente sua dignidade ultrajada, conseguem perceber em seu trabalho a luz no fim do túnel. Um forte abraço.”, finalizou.

Folha de SJB

Lelé Arouche autorizou o pagamento de todos os funcionários da Prefeitura de São Vicente

Lelé Arouche

Antes de sair a decisão que voltou a prefeita Maria Raimunda ao cargo de prefeita de São Vicente Ferrer, Lelé Arouche mostro a prefeita como se faz e autorizou hoje o pagamento de todos os funcionários da prefeitura que estavam em atraso e cumpriu, neste 05 dias que assumiu, como se governa para os pobres.

Diferentemente da prefeita que o desembargador Lourival Serejo voltou hoje ao comando do município, Lelé Arouche cumpriu a sua obrigação e juntamente com o gerente do Banco do Brasil da cidade de São João Batista, Tarquinio Santos, autorizou o pagamento imediato de todos os funcionários que estavam com vencimentos atrasados.

O vice-prefeito que assumiu segunda-feira, anunciou em sua página de relacionamento pessoal a decisão. “Comunico ao funcionalismo municipal e ao povo em geral que eu já autorizei o pagamento dos salários em atraso e que a secretária de finanças juntamente com o gerente do Banco do Brasil, estão transferindo hoje os valores para as respectivas contas dos servidores”, disse Lelé Arouche.

O prefeito atual, já que oficialmente Maria Raimunda ainda não assumiu, disse ainda que cumpre o seu dever. “Comunico ainda que não fiz mais que a minha obrigação com meu povo e enquanto estiver no cargo honrarei os meus compromissos. Agradeço a todos”, finalizou Lelé Arouche.

Folha de SJB

Desembargador volta Maria Raimunda ao cargo de prefeita de São Vicente Ferrer

Prefeita Maria Raimunda

Como o blog informou hoje cedo, partidários da prefeita Maria Raimunda já comemoravam o seu retorno ao comando do município de São Vicente Ferrer. E foi o que aconteceu, o desembargador Lourival Serejo concedeu  uma liminar e cassou a decisão que afastava Maria Raimunda do comando daquela cidade. O grupo comandado pela prefeita está festejando a liminar e ocupa neste momento as ruas da cidade.

Na decisão, o desembargador disse que a decisão de afastar a prefeita não se sustentou. “Acerca do afastamento cautelar da Prefeita de São Vicente Férrer do exercício de seu cargo, observo que não restou demonstrada a justa causa necessária ao deferimento da medida. Com efeito, é certo que se trata de medida excepcional, apenas cabível quando elementos concretos, devidamente provados, demonstrem que se faz imprescindível à instrução processual, na forma do art. 20, parágrafo único, da Lei nº. 8.429/92”, disse.

O desembargador continua dizendo que ‘no caso em análise, entretanto, a leitura da decisão recorrida faz concluir que o magistrado de primeiro grau não se fundamentou em qualquer ato concreto de interferência nas provas para deferir o afastamento, e sim no mérito da própria ação de improbidade administrativa. Diga-se isso porque o motivo fundamental que ocasionou na conclusão do juiz prolator da decisão foi o atraso no pagamento dos salários dos servidores públicos municipais, não obstante ter sido mencionada a questão do nepotismo, porém o embasamento primordial deu-se pela repercussão dos salários atrasados”.

Disse ainda que ‘tal questão (atraso de salário) conduz ao entendimento de gravíssima conduta da prefeita o que pode indicar, a prima vista, ato de improbidade em tese, portanto matéria de mérito que será solucionada ao final do processo, por meio de sentença e que o afastamento cautelar de prefeito se faz necessário quando este concretamente estiver interferindo na condução do processo (ação de improbidade) e prejudicando a instrução processual. O atraso de salário, não obstante a gravidade do caso e a sua repercussão, é questão meritória, sobretudo de grande notoriedade que não se ampara na excepcionalidade do art. 20 da já citada Lei nº. 8.429/92, ou seja, pode e talvez deva resultar em condenação final.”.

Por fim, o desembargador Lourival Serejo anula a decisão do juiz Luiz Emílio Braúna Bittencourt Júnior,  que atendeu um pedido do Ministério Público do Maranhão, em Ação Civil Pública por improbidade administrativa proposta em 2013, a Justiça determinou o afastamento da prefeita de São Vicente Férrer, Maria Raimunda Araújo Sousa, por 180 dias. Na decisão da última quarta-feira, 20, foi dado prazo de 24 horas para que a Câmara Municipal, a partir de sua notificação, emposse o vice-prefeito, interinamente, no cargo de chefe do Executivo Municipal.

Na ação, o Ministério Público do Maranhão aponta uma série de irregularidades na gestão municipal. O promotor de justiça Tharles Cunha Rodrigues Alves, atuando na comarca na época, citou a não realização de concurso público, contratações irregulares de pessoal, nepotismo e o recorrente atraso no pagamento do funcionalismo. Inicialmente, o pedido de afastamento havia sido indeferido pela Justiça.

Folha de SJB

Partidários já comemoram possível retorno da prefeita afastada de São Vicente Ferrer

Prefeita afastada, Maria Raimunda

Partidários da prefeita afastada do município de São Vicente Ferrer, Maria Raimunda Araújo Sousa, já comemoram um possível retorno à administração municipal daquele município. Segundo fontes do blog, membros ligados à prefeita afastada já dão como certa a volta dela ainda esta semana.

Porém ainda não saiu nenhuma decisão do Tribunal de Justiça do Maranhão com relação a essa possível volta à Prefeitura Municipal e Maria Raimunda segue afastada do comando do município, que está sendo administrado, desde segunda-feira, pelo vice-prefeito Lelé Arouche, que inclusive já está fazendo todos os trâmites para sanar a cidade dos rombos deixados.

Segundo o que o blog colheu, Maria Raimunda entrou com duas ações no TJ querendo o seu retorno imediato e suspensão da decisão do juiz Luiz Emílio Braúna Bittencourt Júnior, que a afastou da prefeitura de São Vicente Ferrer por 180 dias.

Os recursos serão julgados pelo desembargador Lourival de Jesus Serejo Sousa, mas ainda não saiu nenhuma decisão com relação as essas ações e nem foram publicadas no site do Tribunal de Justiça do Maranhão.

Sendo assim, a prefeita afastada daquela cidade continua fora da prefeitura.

Folha de SJB

Polícia Civil prende suspeito de tentativa de homicídio em São Vicente Ferrer

A partir do trabalho realizado pela Polícia Civil, foi preso em São Vicente Ferrer um homem suspeito de duas tentativas de homicídios. Welisson Ferreira Mendes, conhecido por ‘Chuíta, foi preso pela equipe de investigadores da Delegacia de São Vicente Ferrer. O delegado Guilherme Augusto Santos informou que Wellison é acusado de diversas ações criminosas, o que motivou o mandado de prisão preventiva expedido pela Justiça.

“Representamos contra Welisson Mendes o mandado de prisão, por conta de duas tentativas de homicídios, sendo que na segunda-feira (25), foi deferido o mandado de prisão e cumprido nesta quinta-feira (28)”, explicou o delegado Guilherme Augusto Santos. O suspeito foi preso na região central de São Vicente Ferrer.

O delegado informou que um dos primeiros crimes do qual ‘Chuíta’ é suspeito, aconteceu no município de São Vicente Ferrer, contra a jovem Adriana Rodrigues, de 20 anos, no dia 28 de março de 2013. De posse de uma motocicleta e uma arma de fogo, o homem teria se aproximado da vítima e feito dois disparos, fugindo em seguida. A vítima conseguiu escapar dos disparos e teve ajuda de populares.

Após a tentativa de homicídio, ‘Chuíta’ continuou a perseguir Adriana Rodrigues, razão da expedição do mandado de prisão. A polícia também suspeita que ‘Chuíta’ teria articulado a morte do irmão de Adriana Rodrigues, em agosto de 2012. Outra ação criminosa atribuída ao suspeito aconteceu no dia 1º de maio de 2014 e a vítima foi Willilamy Serra, 45 anos. Neste caso, o criminoso estava em via pública, em um veículo Siena, de cor vermelha e placa PSC 8769.

Ao avistar Willilamy Serra, o homem realizou cinco disparos, sendo que um deles acertou o ombro direito da vítima. Ao ser preso, Chuíta foi notificado da prisão preventiva pelos crimes de tentativa de homicídio e permanecerá preso à disposição da Justiça.

Folha de SJB

Maria Raimunda entra com recurso no TJ para voltar a comandar São Vicente Ferrer

Ex-prefeita Maria Raimunda

A prefeita afastada do município de São Vicente Ferrer, Maria Raimunda Araújo Sousa, ajuizou duas ações no Tribunal de Justiça do Maranhão para voltar a administrar aquela cidade. As ações pedem a imediata suspensão da decisão do juiz Luiz Emílio Braúna Bittencourt Júnior, que a afastou da prefeitura.

De acordo com as informações, os recursos serão julgados pelo desembargador Lourival de Jesus Serejo Sousa. A ex-prefeita foi afastada na ultima semana após a justiça julgar uma ação de improbidade administrativa, impetrada pelo Ministério Público do Maranhão. Maria Raimunda foi afastada por 180 dias.

Na ocasião assumiu o vice-prefeito, Lelé Arouche, que já está formando seu governo e disse que pagará todos os funcionários que a ex-prefeita deixou sem pagar. Lelé assumiu nesta segunda-feira e comandará a cidade de São Vicente Ferrer até que se completem os 180 dias dados pela justiça.

Nas ações, Maria Raimunda tentar derrubar a liminar que culminou com seu afastamento e com uma agravo de instrumento. As ações foram ajuizadas nesta segunda-feira e terça-feira através de seus advogados. Segundo a decisão de afastamento, a justiça atendeu um pedido do Ministério Público do Maranhão, em Ação Civil Pública por improbidade administrativa proposta em 2013, a Justiça determinou o afastamento da prefeita de São Vicente Férrer, Maria Raimunda Araújo Sousa, por 180 dias.

Na decisão da última quarta-feira, 20, foi dado prazo de 24 horas para que a Câmara Municipal, a partir de sua notificação, emposse o vice-prefeito, interinamente, no cargo de chefe do Executivo Municipal. Na ação, o Ministério Público do Maranhão aponta uma série de irregularidades na gestão municipal. O promotor de justiça Tharles Cunha Rodrigues Alves, atuando na comarca na época, citou a não realização de concurso público, contratações irregulares de pessoal, nepotismo e o recorrente atraso no pagamento do funcionalismo. Inicialmente, o pedido de afastamento havia sido indeferido pela Justiça.

Folha de SJB

São João Batista sediará Aulão do Enem 2016

O Governo do Estado divulgou nesta segunda-feira (25), os municípios que receberão a edição 2016 do Aulão do Enem, bem como as datas que as ações ocorrerão em cada município respectivamente. Entre as mais de 50 cidades selecionadas, está o município de São João Batista. A demanda foi levada pelo Fórum da Juventude, Conselho Municipal de Juventude e Secretaria Municipal de Juventude da nossa cidade.

A ação, que é desenvolvida pela Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), reforça o compromisso do o governo em fortalecer e dar celeridade às políticas públicas de educação para a juventude, com foco na contínua formação, ampliando as oportunidades e garantindo o protagonismo juvenil no estado.

Os aulões, que fazem parte do programa Pré-Universitári (PreUNI), são aulas presenciais, gratuitas, em caráter de megarrevisões, contemplando as áreas de conhecimentos que compõem o Enem, voltadas para jovens e adultos que concluíram ou estão cursando o 3º ano do Ensino Médio interessados em ingressar na Educação Superior.

Em 2015, as ações ocorreram em 16 cidades, beneficiando mais de 15 mil jovens. Esse ano, com a parceria e mobilização da Secretaria de Estado Extraordinária da Juventude (Seejuv), o número de solicitantes dos aulões do Enem aumentou em mais de 100%, e as revisões ocorrerão em 60 cidades do estado.

Em São João Batista, de acordo com o edital, será realizado no dia 24 de setembro deste ano, no Centro de Convenções da Juventude. O coordenador do Fórum da Juventude, Raimundo Nonato Dunga, e o secretário municipal de Juventude, Fernando Santos, informaram que está sendo construído um plano de trabalho para que os aulões sejam ampliados para mais dias, com professores da própria cidade.

A ideia inicial é que a partir de junho, os inscritos tenham aulas todos os sábados. As inscrições e mais informações sobre o aulão serão passados nos próximos dias.

Folha de SJB

Lelé Arouche é o novo prefeito de São Vicente Ferrer

Prefeito Lelé Arouche

O jovem Lelé Arouche é o novo prefeito da cidade de São Vicente Ferrer. A posse do vice-prefeito foi realizada hoje pela manhã, na Câmara de Vereadores, como o blog anunciou ontem. Estavam presentes a população e amigos do novo prefeito e também vereadores e o presidente do Poder Legislativo, JR.

Além de sua família, o novo prefeito estava na companhia dos vereadores Nonato de Vital, Raimundo Arouche, Manoel Braúlio e Zé Rosa que darão sustentação ao novo governo daquela cidade. Em sua posse, Lelé Arouche prometeu trabalhar incansavelmente para a melhoria do povo de São Vicente Ferrer.

Após assinar o termo de posse, o mais novo gestor do município fez um balanço da atual conjuntura política e administrativa de sua cidade e disse entrará ainda com procedimentos para desbloquear as contas do municípios e cumprir a determinação do juiz que afastou a ex-prefeita Maria Raimunda.

Em conversa com o blog, Lelé Arouche também apontou algumas medidas imediatas. “Nosso objetivo é sanar as contas publicas, principalmente o pagamento de todos os salários em atraso e realizar auditoria e encaminhar o resultado para o Ministério Público, TCE e Câmara de Vereadores”, disse o prefeito.

Afastamento

Atendendo a pedido do Ministério Público do Maranhão, em Ação Civil Pública por improbidade administrativa proposta em 2013, a Justiça determinou o afastamento da prefeita de São Vicente Férrer, Maria Raimunda Araújo Sousa, por 180 dias. Na decisão da última quarta-feira, 20, foi dado prazo de 24 horas para que a Câmara Municipal, a partir de sua notificação, emposse o vice-prefeito, interinamente, no cargo de chefe do Executivo Municipal.

Na ação, o Ministério Público do Maranhão aponta uma série de irregularidades na gestão municipal. O promotor de justiça Tharles Cunha Rodrigues Alves, atuando na comarca na época, citou a não realização de concurso público, contratações irregulares de pessoal, nepotismo e o recorrente atraso no pagamento do funcionalismo. Inicialmente, o pedido de afastamento havia sido indeferido pela Justiça.

O Ministério Público, no entanto, recorreu. A promotora Alessandra Darub Alves, atual titular da promotoria, ressaltou que o atraso no pagamento dos vencimentos continuava acontecendo em 2016. Além disso, a prefeita estaria se utilizando de seu cargo para dificultar a instrução processual, dificultando o acesso a documentos, além de ter superioridade hierárquica sobre testemunhas, podendo intimidá-las.

Na decisão, o juiz Luiz Emílio Braúna Bittencourt Júnior ressalta que “os salários de muitos servidores municipais vêm sendo atrasados desde 2013 por até oito meses e não há expectativa de regularização da situação, o que, sem sombra de dúvida, causa transtornos incomensuráveis ao funcionalismo público”. Há suspeitas que ela já entrou com recurso e tenta voltar ao comando do município.

Folha de SJB

Presidente da câmara diz que dará posse amanhã ao vice-prefeito de São Vicente Ferrer

Lelé Arouche

O presidente da Câmara de Vereadores de São Vicente Ferrer, vereador JR, disse ao Blog Folha de SJB que marcou para a próxima segunda-feira, amanhã, a posse do vice-prefeito daquela cidade. Com o afastamento da prefeita Maria Raimunda, Lelé Arouche será empossado amanhã o novo prefeito daquela cidade.

A declaração do vereador JR vem logo depois do titular desta página informar que estaria marcada para ontem a posse, porém como nem ele e nem o vice-presidente se encontravam nas dependências do Poder Legislativo, não foi possível cumprir a determinação do juiz que afastou Maria Raimunda.

Ao blog, ele disse que já marcou para amanhã de manhã a posse do vice. Enquanto isso, a cidade neste momento está sem prefeito e ninguém mexe nas contas do município, que seguem bloqueadas. Por isso, o prazo dado pelo juiz era de apenas 24 horas após a publicação da sentença e da notificação da prefeita Maria Raimunda.

Na decisão da última quarta-feira, 20, foi dado prazo de 24 horas para que a Câmara Municipal, a partir de sua notificação, emposse o vice-prefeito, interinamente, no cargo de chefe do Executivo Municipal. Na ação, o Ministério Público do Maranhão aponta uma série de irregularidades na gestão municipal.

Folha de SJB

Presidente da câmara de São Vicente não é encontrado para dá posse ao vice-prefeito

Vereador JR e Lelé Arouche

Agora lascou. O presidente da Câmara de Vereadores da cidade de São Vicente Ferrer, José Ribamar Costa Filho e conhecido apenas como JR, não foi encontrado para dá posse ao vice-prefeito daquele município, Lelé Arouche.

Segundo o que o blog colheu, o vice até chegou a ir na casa legislativa, mas a mesma se encontrada fechada. Ontem, após o Luiz Emílio Braúna Bittencourt Júnior afastar por 180 dias a prefeita Maria Raimunda, ele determinou que fosse empossado, no prazo de 24 horas, o vice-prefeito Lelé Arouche e por isso as contas do município estão todas bloqueadas.

O vice-prefeito de São Vicente Ferrer estava na companhia dos vereadores Nonato de Vital, Raimundo Arouche, Manoel Braúlio, Zé Rosa e da população vicentina que iria prestigiar a posse de Lelé Arouche.

Marcada para acontecer hoje pela manhã, como determinou o juiz em sua decisão, a posse deveria acontecer com a presença do presidente, vereador JR, ou do vice, que também não se fez presente no prédio da câmara, que até agora está fechada. Com isso, possivelmente a posse só será na segunda-feira.

Até agora o blog não conseguiu contato com presidente e vereador JR para saber informações sobre o assunto. Se o mesmo quiser contar sua versão, pode telefonar para o número do blog, no 984123226.

Folha de SJB

Lelé Arouche será empossado amanhã em São Vicente Ferrer

13077310_1049843131756106_1065726304_nCom a decisão da justiça de afastar a prefeita de São Vicente Ferrer por 180 dias, o vice-prefeito daquele município assumirá o cargo. De acordo com as informações passadas ao blog, a posse está prevista já para este sábado.

O vice-prefeito Lelé Arouche informou ao blog que a sua posse está prevista para às 8 horas da manhã, deste sábado, dia 23 de abril. A posse será na Câmara de Vereadores e foi determinada pelo juiz que afastou Maria Raimunda.

Na decisão da última quarta-feira, 20, foi dado prazo de 24 horas para que a Câmara Municipal, a partir de sua notificação, emposse o vice-prefeito, interinamente, no cargo de chefe do Executivo Municipal. Na ação, o Ministério Público do Maranhão aponta uma série de irregularidades na gestão municipal.

O promotor de justiça Tharles Cunha Rodrigues Alves, atuando na comarca na época, citou a não realização de concurso público, contratações irregulares de pessoal, nepotismo e o recorrente atraso no pagamento do funcionalismo.

Folha de SJB