Em Viana, criança autista de quatro anos faz gesto para vizinha e avisa que a mãe de 27 anos estava morta

Uma história triste foi registrada na tarde desta terça-feira (2) na cidade de Viana, na Baixada Maranhense. Segundo relatos da polícia, uma criança autista, de apenas quatro anos, teve que chamar os vizinhos para avisar que a mãe, uma jovem de apenas 27 anos, estava morta. O caso chocou os moradores da região e será investigado pela Polícia Civil.

Vítima foi encontrada morta dentro de casa

A tragédia foi registrada no residencial Frei Serafim, na MA-014, localizado na zona urbana de Viana. A vítima é uma jovem de 27 anos, identificada como Rafaelle Ferreira Silva. O relatório da polícia mostra que ela foi encontrada com dois filhos, um recém-nascido e um autista, que chamou uma vizinha que estava passando próximo à residência.

De acordo com as informações, ontem (1), por volta das 21 horas, uma mulher passava pela rua quando o filho da vítima, uma criança autista, chamou-a e indicou que sua mãe estava morrendo por meio de gestos, o que motivou a intervenção da vizinha. Após gritar por seu nome e não ser atendida, a testemunha pediu a chave da casa ao menino.

Ao adentrar na residência, foi percebido um forte odor e avistada a vítima sem vida. A polícia informou que Rafaelle havia feito uma cesariana e laqueadura em fevereiro deste ano e teria se descuidado. Durante esse período, ainda segundo os relatos policiais, a vítima foi atendida no hospital regional de Viana devido a episódios de hemorragia na sua cirurgia. No entanto, todas essas informações ainda estão sendo confirmadas pela perícia.

Não foram observados sinais de arrombamento na residência e a perícia inicial não identificou indícios de lesão corporal, exceto hemorragia na região da cirurgia. O menino foi levado para parentes e a menina recém-nascida foi encontrada nos braços da vítima e foi levada ao hospital com urgência devido a sinais de desidratação, como lábios rachados, situações que ocorreram antes da chegada da guarnição.

A Polícia Militar resguardou o cenário do ocorrido para a realização da perícia inicial e acionou a Polícia Civil para dar continuidade às investigações. O caso chocou os moradores de Viana e da Baixada Maranhense.


Em tempos de desinformação, o Blog do Jailson Mendes reforça o compromisso com o jornalismo profissional, comunitário e de qualidade. Nossa página produz diariamente informações na Baixada Maranhense de forma responsável e que você pode confiar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *