Jovem de 32 anos natural de São João Batista recebe título de doutor pela UFMA com tese sobre pacientes com Covid-19 internados no Brasil

A cidade de São João Batista, na Baixada Maranhense, ganhou nesta segunda-feira (5) seu mais novo doutor da história do município. Trata-se de Carlos Martins Neto, de 32 anos, aprovado com louvor em sua tese de doutorado na Universidade Federal do Maranhão (UFMA). O trabalho apresentado fez uma análise de sobrevida de pacientes com Covid-19 internados em hospitais do Brasil.

Joanino é o mais novo doutor da história de São João Batista

Carlos Martins nasceu e seu criou em São João Batista e é filho da professora pública nossa cidade, Carla Andrea Mota Soares e do autônomo Carlos Serra Martins.
Estudou da Educação Infantil ao atual nono ano na Unidade Integrada ‘Ateniense’, e, em seguida, concluiu seu Ensino Médio na Unidade de Ensino ‘Acrísio Figueiredo’, portanto passando por toda sua Educação Básica em escola pública da Baixada Maranhense.

Após isso, se mudou para São Luís, onde ingressou no curso de Fisioterapia, na Faculdade Santa Terezinha (CEST), por meio do Programa Universidade para Todos (ProUni). Após isso, fez sua residência em Fisioterapia em Terapia Intensiva do Hospital Universitário Presidente Dutra, da UFMA. As vagas para residência no hospital são as mais disputadas do Maranhão, mas o joanino conseguiu ser aprovado.

Com o desejo de ser pesquisador e professor, ele foi aprovado no Mestrado em Saúde Coletiva, também na Universidade Federal do Maranhão. Com dois artigos científicos publicados e cumpridos os pré-requisitos, seus professores o aconselharam a ir buscar direto o doutorado, mas ele decidiu concluir o Mestrado. Em seguida, concorreu com todos os candidatos do Maranhão a vaga para o Doutorado e conseguiu ser aprovado mais uma vez.

E o tão sonhado Doutorado chegou nesta segunda-feira (5), quando Carlos Martins foi aprovado com louvor e muitos discursos de carinho e admiração pelos professores, amigos e familiares. “Foi um aluno exemplar, acima da média, nosso joanino, neto de Aurita Costa Mota (in memoriam) e Cássio Carneiro Soares (in memoriam) , que devem estar imensamente felizes onde estiverem pela conquista desse neto querido”, disse a ex-secretária de Educação de São João Batista, Cleana Jacinto, amiga da família e que acompanhou o desempenho do novo doutor da cidade.

“Eu só agradeço a Deus pelo meu filho, sei de todos os esforços que ele fez para chegar onde chegou e agradeço sempre os que o incentivaram, lutaram junto com todos nós. Um filho de São João Batista, que sempre estudou em nossa cidade e que hoje se forma em doutorado. Uma dádiva de Deus”, completou sua mãe, a professora Andrea Soares.


Em tempos de desinformação, o Blog do Jailson Mendes reforça o compromisso com o jornalismo profissional, comunitário e de qualidade. Nossa página produz diariamente informações na Baixada Maranhense de forma responsável e que você pode confiar.

3 respostas para “Jovem de 32 anos natural de São João Batista recebe título de doutor pela UFMA com tese sobre pacientes com Covid-19 internados no Brasil”

  1. Obrigado pela publicação e reconhecimento!
    Agradeço ao Blog do Jailson Mendes!
    Aos professores pelo apoio que me deram em toda minha trajetória acadêmica.
    E em especial a minha família, meu marido e aos meus amigos que me ajudaram durante todo o processo!
    Esse título é nosso!
    Abraços!

  2. Mais que merecido o título. Resultado do esforço e dedicação dele, da sua mãe e dos que sempre estiveram incentivando os estudos. Parabéns!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *