Marcelo Tavares pede retorno de processo ao TCE; ato pode impedir votação de contas de Djalma Melo em Arari

O presidente do Tribunal de Contas do Estado, Marcelo Tavares, pediu que o processo que reprovou as contas do ex-prefeito de Arari, Djalma Melo, retorne imediatamente ao tribunal e, com isso, poderia impedir a votação na Câmara de Vereadores. No entanto, o presidente da Câmara de Vereadores, Cabito Abas, decidiu manter a votação  para o fim da tarde terça-feira (28).

Djalma Melo

O documento chegou agora há pouco ao presidente da Câmara Municipal, que marcou a sessão que vai julgar as contas para hoje, a partir das 18 horas. A decisão para que o processo retorne ao TCE foi assinada pelo secretário geral do tribunal, Ambrósio Guimarães.

O secretário disse que o pedido foi ordenado por Marcelo Tavares para que o TCE julgue um pedido de reconsideração impetrado por Djalma Melo. As contas são referentes ao ano de 2015, quando ele era prefeito de Arari. O parecer do órgão é pela reprovação e na Câmara Municipal o ex-prefeito não tem maioria para derrubar esta decisão.

O pedido a mando da corte ainda está com o nome de Evando Piancó, antigo presidente do Poder Legislativo de Arari. Apesar da decisão do TCE, Cabito Abas informou ao blog que a sessão está mantida para iniciar as 18 horas e o processo de aprovação ou não das contas seguirá o rito normal.


Em tempos de desinformação, o Blog do Jailson Mendes reforça o compromisso com o jornalismo profissional, comunitário e de qualidade. Nossa página produz diariamente informações na Baixada Maranhense de forma responsável e que você pode confiar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *