Ex-prefeito de Pedro do Rosário encontra boi que teria sido furtado de sua fazenda no matadouro da prefeitura de Matinha

O ex-prefeito da cidade de Pedro do Rosário, Raimundo Antônio, encontrou um boi no Matadouro Municipal de Matinha neste fim de semana, pronto para ser abatido. O animal teria sido furtado e a polícia investiga o caso.

Animal estaria pronto para o abate

O caso foi registrado por volta das 11 horas do sábado (18), no Matadouro Público de Matinha. Segundo as informações da polícia, Raimundo Antônio foi até o local e encontrou um dos seus bois pronto para ser abatido e chamou a polícia.

Os policiais que atenderam a ocorrência informaram que, quando chegaram ao local, não havia ninguém que estivesse trabalhando ou responsável pelo matadouro. Após isso, eles entraram em contato com a secretária de Agricultura, que teria ido ao Matadouro e se colocou a disposição para prestar os esclarecimentos.

O blog tentou entrar em contato com a prefeita da cidade, Linielda de Eldo, mas ela não retornou até o momento e nem se manifestou oficialmente. O blog também tentou falar com o ex-prefeito de Pedro do Rosário, que retornou dizendo que estava em uma audiência.

Outro caso

Na semana passada, a polícia também encontrou um caminhão com destino ao Ceará que transportava animais entre caixas de verduras vazias, pela MA-014. Apesar do caso ser registrado como possível furto, já que os compradores não conseguiram apresentar os documentos aos policiais, moradores entraram em contato com o blog para informar que não se tratava-se de um crime e sim de uma venda legal de animais envolvendo um morador de Matinha.


Em tempos de desinformação, o Blog do Jailson Mendes reforça o compromisso com o jornalismo profissional, comunitário e de qualidade. Nossa página produz diariamente informações na Baixada Maranhense de forma responsável e que você pode confiar.

Uma resposta para “Ex-prefeito de Pedro do Rosário encontra boi que teria sido furtado de sua fazenda no matadouro da prefeitura de Matinha”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *