Guarda municipal e irmão da primeira-dama de Palmeirândia é executado a tiros por quatro homens no estado do Pará

Um guarda municipal de Ananindeua, região metropolitana de Belém, foi morto a tiros no início da madrugada de sexta-feira (13), vítima de latrocínio. Segundo as informações, era subinspertor da Guarda Municipal da cidade e irmão da primeira-dama do município de Palmeirândia, Patrícia Santos, esposa do prefeito Edilson da Alvorada.

Guarda era irmão da primeira-dama de Palmeirândia

A vítima foi identificada como Benedito do Rosário dos Santos, de 45 anos. O crime ocorreu no residencial Bem Viver, no bairro Águas Brancas. Ainda não há confirmação se ele possuía arma de fogo e se ela foi levada pelos criminosos. A Polícia Científica foi acionada por volta das 00h para a remoção do corpo, que foi liberado pelo Instituto Médico Legal (IML) na manhã deste sábado (14).

Em nota, a prefeitura de Ananindeua lamentou a morte do guarda e informou que o subinspetor não vinha recebendo ameaças. O velório foi marcado para às 10h30 na sede da Associação Empresarial de Ananindeua, na rua José Marcelino de Oliveira, no bairro Centro. Em seguida, o corpo deve seguir em traslado até o Maranhão, onde deve ser enterrado.

Mais informações

Passavam das 23h, desta sexta-feira (13), quando a informação de um assassinato chegou ao 30º Batalhão da Polícia Militar (30º BPM), que cobre a área do Aurá. De imediato, uma guarnição foi designada para atender à ocorrência, que apontava como vítima, um homem executado a tiros, por quatro outros homens, divididos em duas motocicletas. Os suspeitos fugiram em seguida.

A PM não demorou ao chegar ao local, na rua C, do residencial Bem Viver, no bairro de Águas Brancas, em Ananindeua, e constatou a morte de Benedito do Rosário. A Polícia Científica do Pará (PCP) também foi acionada para realizar a perícia e promover a remoção do cadáver ao Instituto Médico Legal (IML), que só liberou o corpo, após os exames de necropsias, na manhã deste sábado.

Nas rede sociais, houve bastante especulações sobre a motivação do homicídio, no entanto, não há nenhuma informação confirmada a respeito sobre o crime. A Divisão de Homicídios da Polícia Civil está à frente das investigações, até então, ninguém foi preso. As informações foram divulgadas pela imprensa do Pará.


Em tempos de desinformação, o Blog do Jailson Mendes reforça o compromisso com o jornalismo profissional, comunitário e de qualidade. Nossa página produz diariamente informações na Baixada Maranhense de forma responsável e que você pode confiar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.