Orgulho do MA: professora natural de São Vicente e que leciona em São Bento vence prêmio e fica entre as 10 melhores educadoras do Brasil

A Fundação Victor Civita acaba de anunciar a lista dos 10 melhores professores do Brasil, escolhidos através do Prêmio Educador Nota 10. E entre os selecionados está a professora Francilda Fonseca Machado, de 31 anos, natural de São Vicente Ferrer e que leciona na escola do quilombo de Santa Bárbara, da Rede Pública Municipal de São Bento. Ela foi a única selecionada no Maranhão e uma das três do Nordeste.

Francilda foi escolhida como as 10 melhores educadoras do Brasil

A lista foi divulgada na manhã desta quinta-feira (24), durante a 24ª edição do Prêmio Educador Nota 10. Os vencedores foram escolhidos entre cerca de 2,5 mil inscritos pela Academia de Selecionadores – composta por grandes especialistas em didáticas específicas, pesquisadores das principais universidades do país, orientadores de graduação e pós-graduação, além de formadores de gestores e de professores. Os selecionados representam Bahia, Maranhão, Minas Gerais, Pernambuco, Santa Catarina, Rio Grande do Sul e São Paulo.

Na primeira etapa, Francilda Fonseca tinha figurado entre as 50 finalistas e agora, como vencedora e entre as 10 melhores professoras do Brasil, vai ganhar uma viagem para São Paulo, em setembro, para o evento de premiação e um vale-presente no valor de R$ 15 mil, além de todas as despesas pagas para participar de uma semana de imersão e da cerimônia de entrega do prêmio. Além disso, a professora concorre ao Prêmio Educador do Ano, que será escolhido pela Academia de Jurados, que recebe outro vale-presente no valor de R$ 15 mil. As escolas dos professores vencedores também ganham uma verba para a celebração.

“Gratidão meu Deus por tanto! Um sonho real! Obrigada família! Chegar ao top 10 do maior Prêmio de Educação do país é honra! É mais do que levar meu nome é a história de luta de tantos professores maranhenses, baixadeiros, é a história dos meus alunos, suas famílias, suas comunidades, é a Escola Municipal Santa Bárbara de São Bento-Maranhão para o cenário nacional”, disse a educadora ao Blog do Jailson Mendes.

A lista com os nomes e os projetos dos 10 melhores educadores do Brasil pode ser acessada AQUI.

O projeto

Como os alunos de Francilda moram na comunidade quilombola de Santa Bárbara, em São Bento, sem acesso à internet, ela organizou roteiros dialogados, explicando conteúdos e propondo atividades de produção, pesquisa e vivências para serem cumpridas no quintal de casa, em 2021, durante a pandemia do Coronavirus. Nos meses seguintes, o estudo aconteceu em ritmo de descoberta e aventura. Após leituras sobre sítios arqueológicos, por exemplo, a professora orientou a escavação de vestígios de antigos habitantes. Os alunos demarcaram uma área, improvisaram pincéis e encontraram pedaços de porcelana, restos de sandálias, raízes e rochas.

O material chegava à escola trazido pelos pais, que levavam de volta novos roteiros e instruções para os estudantes. Em outro momento, para celebrar o domínio do fogo no período Paleolítico, fizeram uma fogueira com ajuda dos adultos e sentaram-se em volta dela para contar histórias, o que gerou relatos escritos encantadores, coletados por Francilda. De volta às aulas presenciais, a turma simulou a escrita dos sumérios com barro e um objeto pontiagudo e escreveu mensagens codificadas com os símbolos do alfabeto fenício.

O trabalho permitiu que os alunos relacionassem temáticas interessantes na História com as suas vivências cotidianas, por exemplo, as atividades encontradas nas escavações arqueológicas no quintal permitiu que os alunos compreendessem melhor as vivências passadas da localidade, inclusive a avó de uma aluna explicou a ela, que apenas as famílias que tinham uma condição melhor tiram pratos de porcelana, pois eram mais caros, já os mais pobres tinham pratos de estanho pintados para que ficassem parecendo que eram de porcelana. Como a maioria dos povoados de onde os alunos são oriundos são remanescentes quilombolas a compreensão das fontes são importantes para que eles entendam o que mudou e o que permaneceu na sua localidade.

O projeto foi desenvolvido com 23 alunos do 6° ano envolvendo conteúdos como fonte históricas, vestígios arqueológicos, a vida no Paleolítico, A Mesopotâmia, os Zigurates, a escrita Cuneiforme, os Fenícios, entre outros. A proposta está entre os finalistas e concorre para a última etapa, que é a seleção de 10 ações de professores de todo o Brasil. Em conversa com o Blog do Jailson Mendes, Francilda Fonseca comemorou o resultado. Ela é graduada em História e Geografia pela Universidade Estadual do Maranhão e especialista em docência do Ensino Fundamental Médio e Superior e História do Brasil.

“Fico imensamente feliz por ter meu nome representando meus alunos, minha escola mais uma vez, eu quero através disso mostrar o potencial dos nossos alunos independente de onde estejam, aos colegas professores espero um dia ter muitos nomes de colegas em destaque, pois conheço o trabalho que muitos desenvolvem só falta mesmo ocupar esses espaços e mostrar nosso trabalho”, comentou.

O prêmio

O Prêmio Educador Nota 10 é dividido em três fases. Na primeira delas, são escolhidos 50 finalistas, que devem ser anunciados no início de julho. Entre eles, são selecionados os dez vencedores da edição e, por fim, o(a) Educador(a) do Ano, reconhecido em evento de premiação em setembro, em São Paulo. Cada um dos premiados ganha um vale-presente no valor de R$ 15 mil, além de todas as despesas pagas para participar de uma semana de imersão e da cerimônia de premiação.

O Educador do Ano, escolhido pela Academia de Jurados, recebe outro vale-presente no valor de R$ 15 mil. As escolas dos professores vencedores também ganham uma verba para a celebração. O Prêmio Educador Nota 10 foi criado em 1998 pela Fundação Victor Civita que, desde 2014, realiza a premiação em parceria com Abril, Globo e Fundação Roberto Marinho. O prêmio reconhece e valoriza professores da Educação Infantil ao Ensino Médio, além de coordenadores pedagógicos e gestores escolares de escolas públicas e privadas de todo o país.

O Educador Nota 10 tem o apoio da Nova Escola, Instituto Rodrigo Mendes e Unicef, e também conta com o patrocínio da Fundação Lemann e da SOMOS Educação. Desde o ano passado, é associado ao Global Teacher Prize, prêmio global de Educação realizado pela Fundação Varkey.

Mais conquistas

A professora da Baixada Maranhense vem se destacando nos últimos anos no Brasil inteiro. Em 2019, ela também selecionada como finalista do Prêmio Professor Nota 10, organizado pela Fundação Victor Civita. Meses depois, um projeto seu ficou entre as 10 melhores experiências pedagógicas maranhenses pela Rede Conectando Saberes-Fundação Lemann-2019.

Francilda também ficou entre os 12 finalistas do Prêmio Professor Transformador 2020 e é uma das três finalistas da categoria Ensino Fundamental Anos Finais. Em 2020, ela voltou a se destacar nacionalmente ao ganhar o Prêmio Crianças Mais Saudáveis, realizado em todo país pela Fundação Nestlé Brasil, além de ganhar o I Prêmio Cpe Sala de Aula, no final do ano passado. Ela também está concorrendo à premiação do Professor Transformador 2021.


Em tempos de desinformação, o Blog do Jailson Mendes reforça o compromisso com o jornalismo profissional, comunitário e de qualidade. Nossa página produz diariamente informações na Baixada Maranhense de forma responsável e que você pode confiar.

7 respostas para “Orgulho do MA: professora natural de São Vicente e que leciona em São Bento vence prêmio e fica entre as 10 melhores educadoras do Brasil”

  1. Nunca foi segredo para os movimentos de juventudes da baixada que a Francilda é uma grande potência. Agora o Brasil reconhece esse potencial através da educação. Orgulho enorme sinto de você, Fran! Forte abraço!

    1. Uma grande professora daqui de São Bento, que temos o prazer de ter como colega. São Bento e todo o Maranhão estão bem representados.

  2. Tive o prazer de há muitos anos atrás trabalhar com essa digníssima pessoa no Fórum da Juventude. Nós como vicentinos parabenizamos pela sua conquista e que venham mais, pois seus potencial é ilimitado. Parabéns.

  3. Parabéns professora és merecedora do prêmio, seus estudos e noites sem dormir foram reconhecidos. Orgulho de ser professor ✍️✍️✍️👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.