Professores de Vitória do Mearim pressionam Nato da Nordestina por rateio do Fundeb

Professores do município de Vitória do Mearim voltaram a se reunir nesta terça-feira (4) para cobrar os recursos do Fundeb, negado pelo prefeito Nato da Nordestina. A previsão da sobra é de R$ 8 milhões.

Nato da Nordestina tem negado rateio das sobras do Fundeb

Eleito com promessas de valorização dos profissionais da educação, Nato da Nordestina se recusa a falar sobre o assunto e tem enfrentado diversas manifestações contra sua gestão em Vitória do Mearim.

Ontem (4), o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais voltou a se reunir e cobrar do gestor o pagamento do rateio do Fundeb de 2021. De acordo com levantamento do blog, só em dezembro, o município recebeu quase R$ 10 milhões de reais, sendo grande parte do Fundeb.

“Só em Vitória não tem sobra do FUNDEB. A pergunta é, onde tá o dinheiro? Parabéns professores pelo ‘novo tempo'”, indagou um morador pelas redes sociais do sindicato.

Mais denúncias

O Ministério Público abriu, em dezembro, um procedimento para investigar a prática de nepotismo no Governo de Nato de Nato da Nordestina. A família do prefeito é acusada de abocanhar quase R$ 1 milhão por mês.

A filha dele, segundo as informações enviadas ao Ministério Público, recebeu cerca de R$ 6 mil por mês e realiza o curso de medicina fora do Maranhão.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.