Vendedor de coco, natural de São João Batista, morre após ser assaltado e baleado em São Luis

Um trabalhador e pai de família foi vítima de um latrocínio (roubo seguido de morte) por volta das 19h dessa segunda-feira (27). A vítima foi identificada como Genival Ferreira Costa, de 55 anos, conhecido como “Louro do Coco”. Ele é natural da cidade de São João Batista, na Baixada Maranhense.

Vendedor não resistiu e morreu horas depois

Ele vendia água de coco em um quiosque na avenida dos Portugueses, no bairro do Anjo da Guarda. De acordo com informações policiais, um criminoso, não identificado, chegou fingindo ser cliente e pedindo uma água de coco. Logo em seguida, anunciou o assalto.

Ao ver a arma de fogo apontada para ele, o vendedor se abaixou, e o bandido acabou correndo. A vítima, ainda segundo informações policiais, partiu correndo também atrás do criminoso, que virou e efetuou um disparo.

Genival foi atingido no rosto e ficou no local aguardando socorro. Ele foi levado ao Hospital Municipal Djalma Marques (Socorrão I), mas não resistiu e veio a óbito. O corpo já foi liberado do Instituto Médico Legal (IML) para ser velado.

O vendedor, que era natural do município de São João Batista, deixa duas filhas e uma esposa. O pai dele, conhecido como Zico, morreu em junho após ser brutalmente esfaqueado no povoado Vertente. As informações são do Imirante.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.