Nove meses depois, Nato da Nordestina aciona judicialmente Dídima Coelho para receber documentos de 2019

O prefeito de Vitória do Mearim, Nato da Nordestina, tem investido pesado nas ações contra as ex-prefeitas Dídima Coelho e Dóris Rios, com o intuito de conseguir a inelegibilidade das duas na Justiça. Desta vez, ele acionou judicialmente a ex-prefeita Dídima para que ela entregue documentos do ano de 2019.

Dídima tem cinco dias para apresentar documentos pedidos por Nato

O pedido foi acatado pela juíza Urbanete de Angiolis Silva neste terça-feira (21), que obrigou a ex-gestora a entregar o comparativo da receita prevista com a receita realizada, balanço anual consolidado, da Lei 4.320/64, do exercício do ano de 2019 do município de Vitória do Mearim.

A ação foi aberta no dia 15 deste mês, pelos advogados da prefeitura, nove meses depois de Nato da Nordestina assumir a prefeitura. Ele alegou que Dídima Coelho não entregou nenhum documento em 2020 e se queixou que a ex-prefeita não fez a transição para que ele tomasse ciência da situação financeira do município.

Com o pedido, a Justiça decidiu julgar procedente um pedido liminar e determinou que Dídima tem 5 dias para responder o atual prefeito sobre todos os documentos pedidos, sob multa diária de R$ 10 mil.

Vejam a decisão, na íntegra…

Decisão – Nato contra Dídima – Baixar


Em tempos de desinformação, o Blog do Jailson Mendes reforça o compromisso com o jornalismo profissional, comunitário e de qualidade. Nossa página produz diariamente informações na Baixada Maranhense de forma responsável e que você pode confiar.

Uma resposta para “Nove meses depois, Nato da Nordestina aciona judicialmente Dídima Coelho para receber documentos de 2019”

  1. Falta de aviso não foi, pois muitas pessoas alertaram o prefeito Nato, d necessidade de pegar pesado junto às duas ex gestoras, pois todos são sabedores que o velho tubarão (em memória), assim também como o velho Coelho, não sao amigos de ninguém e não são merecedores de confiança!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.