Nove meses depois, Nato da Nordestina aciona judicialmente Dídima Coelho para receber documentos de 2019

O prefeito de Vitória do Mearim, Nato da Nordestina, tem investido pesado nas ações contra as ex-prefeitas Dídima Coelho e Dóris Rios, com o intuito de conseguir a inelegibilidade das duas na Justiça. Desta vez, ele acionou judicialmente a ex-prefeita Dídima para que ela entregue documentos do ano de 2019.

Dídima tem cinco dias para apresentar documentos pedidos por Nato

O pedido foi acatado pela juíza Urbanete de Angiolis Silva neste terça-feira (21), que obrigou a ex-gestora a entregar o comparativo da receita prevista com a receita realizada, balanço anual consolidado, da Lei 4.320/64, do exercício do ano de 2019 do município de Vitória do Mearim.

A ação foi aberta no dia 15 deste mês, pelos advogados da prefeitura, nove meses depois de Nato da Nordestina assumir a prefeitura. Ele alegou que Dídima Coelho não entregou nenhum documento em 2020 e se queixou que a ex-prefeita não fez a transição para que ele tomasse ciência da situação financeira do município.

Com o pedido, a Justiça decidiu julgar procedente um pedido liminar e determinou que Dídima tem 5 dias para responder o atual prefeito sobre todos os documentos pedidos, sob multa diária de R$ 10 mil.

Vejam a decisão, na íntegra…

Decisão – Nato contra Dídima – Baixar

Uma resposta para “Nove meses depois, Nato da Nordestina aciona judicialmente Dídima Coelho para receber documentos de 2019”

  1. Falta de aviso não foi, pois muitas pessoas alertaram o prefeito Nato, d necessidade de pegar pesado junto às duas ex gestoras, pois todos são sabedores que o velho tubarão (em memória), assim também como o velho Coelho, não sao amigos de ninguém e não são merecedores de confiança!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *