César Brito alerta para destruição de prédios históricos na cidade de Matinha

Faz-se necessário a criação e elaboração do inventário dos prédios ainda existentes em Matinha, catalogando e descrevendo pormenorizadamente suas técnicas construtivas e histórico cultural, como instrumento destinado a se conhecer e proteger o patrimônio cultural matinhense.

Prédios históricos estão sendo destruídos por iniciativa privada em Matinha

A demolição de um bem inventariado constitui crime contra o patrimônio cultural. É fundamental que a sociedade matinhense, seus intelectuais, lideranças e poderes constituídos, tomem iniciativas pela preservação do nosso patrimônio cultural.

A obrigatoriedade de inventariação dos bens culturais está presente em todas as tentativas de criação de uma legislação de proteção aos bens culturais do país. A valorização do patrimônio histórico cultural é a valorização da identidade que nos molda. Portanto, preservar as paisagens, as obras de arte, as festas populares, a culinária ou qualquer outro elemento cultural de um povo, é exatamente garantir a identidade desse povo.

Vejo essa imagem com profunda tristeza,  “Uma página apagada de nossa história”. São danos irreversíveis, assim, me prontifico e clamo aos matinhenses quanto à importância da preservação do nosso patrimônio histórico. Precisamos frear a descaracterização ou a mutilação da memória histórica de Matinha.

César Brito, membro e ex-presidente da Academia Matinhense de Ciências, Artes e Letras, ambientalista, preservacionista e empresário

Uma resposta para “César Brito alerta para destruição de prédios históricos na cidade de Matinha”

  1. Corroboro com a sua tristeza.
    É lamentável que as atuais gerações não se sensibilizem com a ocorrência de um crime dessa magnitude, principalmente, os integrantes dos poderes constituidos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *