Edilson da Alvorada segue perseguindo servidores e demite mais 10 aprovados em concurso na cidade de Palmeirândia

O prefeito de Palmeirândia, Edilson da Alvorada, iniciou o mês de setembro demitindo mais servidores aprovados no último concurso do município. No início do mês, ele assinou mais 10 demissões, após instauração de processos administrativos.

Prefeito de Palmeirândia, Edilson da Alvorada

Todos eles excedentes do último concurso realizado na cidade, em 2013, e nomeados pelo ex-prefeito Jorge Garcia. Acusado de perseguição Edilson da Alvorada alega que os servidores foram nomeados de forma ilegal e por isso tem realizado dezenas de exonerações desde quando assumiu a gestão municipal.

As decisões de demitir estão sendo publicadas no Diário Oficial do município, que já chegam a quase 200 desde julho, quando começaram as perseguições aos servidores públicos. Como motivo, o prefeito diz que eles foram nomeados em data posterior ao termo do prazo de validade do referido certame e que por isso jamais deveriam receber suas portarias para trabalhar na prefeitura.

A ação é vista como perseguição e constantemente a Justiça tem sido acionada. Já há diversas decisões judiciais mandando funcionários retornar aos seus cargos para os quais foram nomeados e o prefeito enfrenta um mandado de segurança coletivo, protocolado pela defesa dos servidores dispensados.

Vejam as demissões deste mês…Demissões – Palmeirândia – Baixar

Uma resposta para “Edilson da Alvorada segue perseguindo servidores e demite mais 10 aprovados em concurso na cidade de Palmeirândia”

  1. na verdade esse concurso foi colocado as pessoas pela janela que o prefeito colocou na época a empresa Fantasia que inventou, as questões que ela tinha certeza se era certa ou errada ela simplesmente anulava.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *