Índios bloqueiam MA-014 entre Matinha e Viana em protesto contra PL 490, em votação no Congresso Nacional

Dezenas de indígenas da etnia Akroá Gamella voltaram a bloquear a MA-014, entre as cidades de Matinha e Viana, desde a madrugada desta quarta-feira (25). O protesto é contra o PL 490, que trata sobre demarcação de terras, em votação no Congresso Nacional.

Indígenas bloquearam a MA-01

O local exato da manifestação fica no povoado Itaquaritiua, que liga os dois municípios pela rodovia estadual é a principal saída da maioria das cidades da Baixada Maranhense. Apenas ambulâncias estão passando.

A manifestação reforça a luta natural dos indígenas de todo o Brasil, que protestam desde o início da semana na Esplanada dos Ministérios em Brasília. O movimento é contra as medidas que dificultam a demarcação de terras, citadas Projeto de Lei 490. O grupo ocupou todas as pistas no sentido Congresso Nacional.

O projeto de lei 490/2007 impediria os povos indígenas de obterem o reconhecimento legal de suas terras tradicionais se lá não estavam fisicamente em 5 de outubro de 1988, dia da promulgação da Constituição Federal, ou se não tinham nesta data uma controvérsia possessória de fato ou judicializada. Essa tese é conhecida como “marco temporal”.

A Constituição, entretanto, reconhece o direito dos povos indígenas às “terras que tradicionalmente ocupam”, sem quaisquer limites de tempo ou um marco temporal arbitrário. Vejam as fotos…

7 respostas para “Índios bloqueiam MA-014 entre Matinha e Viana em protesto contra PL 490, em votação no Congresso Nacional”

  1. Isso não é manifestação!
    É bagunça!

    Atrasam a vida de todos que têm compromisso sério! Pessoas trabalhadoras!
    Eu estava lá desde 12h da noite sem poder passar, virei a noite e a madrugada toda na estrada por causa desses arruaceiros!
    Eles têm direito de requerer seus direitos, mas sem impedir o direito de ir e vir das outras pessoas!
    Isso não é manifestação, é bagunça!

    Em vez de ir fechar estrada, vão se acampar na porta dos deputados!

  2. O povo indígena,de fato tem que ter seus direitos respeitados, mas digo os verdadeiros, pq esse povo que ocupa essa região, são apenas arruaceiros,querendo ser indios, que fizeram uma grande confusão, tirando país e mães de família de suas propriedades… Trabalhar ou cultivar alguma coisa eles não querem… Qualquer um pode ir lá e, comprovar se estou errado …

  3. Índio eles nao tem nada de Índio, são um bando de desocupado que em vwz de ta trabalhando nas terras que eles ja pegaram, estão trazendo problemas para os trabalhadores da região.

  4. Isso não passa de um movimento incentivado por políticos canalhas. Dou baixadeiro e nunca vi um índio na região. Agora, eles se enchem de direitos, se juntando com brancos que infiltrados comercializam maconha, amparados por “leis” criadas e aprovadas por essa quadrilha lá de Brasília. O que que índio produz? Que imposto o índio paga? Isso é uma semvergonhice. Pau neles.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *