Cajari, Vitória do Mearim, São João Batista e outras 10 cidades do MA recebem equipamentos pesqueiros do Governo do Estado

Em solenidade no Palácio dos Leões, nesta terça-feira (13), o governador Flávio Dino entregou mais 275 motores de canoa para pesca artesanal, a 14 instituições nas prefeituras contempladas. Os municípios de Cajari, Vitória do Mearim, São João Batista e outras 10 cidades do Maranhão foram os beneficiados nesta fase.

Cajari foi uma das cidades contempladas

Além de somar na atividade pesqueira das comunidades, os equipamentos vão impulsionar a produção de pescado, garantir mais qualidade do produto e dignidade aos trabalhadores. Na ocasião, Flávio Dino assinou decreto que concede isenção de impostos para quem trabalha no setor de pescado. O objetivo é reforçar a produção de pescados, camarão, caranguejo, ostras e outros, nas regiões.

As entregas dos equipamentos são coordenadas pela Secretaria de Estado de Governo (Segov), integrando o programa Comida na Mesa. “Temos incentivando permanentemente essa atividade com políticas públicas, a exemplo do decreto que zera o imposto para comercialização da produção maranhense no mercado interno, além dos equipamentos”, pontuou o governador Flávio Dino.

Presente no evento, o presidente da Agerp, Júlio Mendonça, pontou que essa é mais uma medida importante que vai beneficiar toda sociedade, inclusive para várias cidades da Baixada Maranhense. Nesta fase, receberam equipamentos os municípios de Bacabal, Bom Jardim, Cajari, Chapadinha, Coelho Neto, Nova Olinda do Maranhão, Pindaré Mirim, Pio XII, São Benedito do Rio Preto, São João Batista, São Raimundo das Mangabeiras, Timon, Turiacu, Urbano Santos e Vitória do Mearim.

Ao final das etapas, o Governo vai entregar 1000 motores para canoas a comunidades pesqueiras.

2 respostas para “Cajari, Vitória do Mearim, São João Batista e outras 10 cidades do MA recebem equipamentos pesqueiros do Governo do Estado”

  1. Concordo com o governo do estado.
    São os municípios, através das prefeituras que devem estar a frente desse trabalho. E é bom, já é hora de acabar com essas inutilidades e parasitismo dessas Colônias de Pescadores.

    1. Quando o governo chega a entregar um inútil motor rabeta, que para o estado chega custar pouco mais de 600 reais, enquanto anos de lutas históricas das colônias de pescadores,.milhares de pescadores deixaram de morar em uma casa de taipa pra morarem em uma cada de alvenarias, ter um meio de transporte, materiais de pesca, geladeira, fogão TV móveis pra suas casas e assim vai. Meu ponto de vista parasitas são aqueles que vivem abajolando prefeituras de mandatos a pós mandatos e tentam distorcer as coisas tentando confundir a mente desses pais e mães de familias que nunca tinha sido valorizados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *