Após recomendação do MP, apenas três parlamentares entram em sessão virtual e projeto deve ser devolvido em Olinda Nova do MA

Após a recomendação do Ministério Público contra o projeto de contratação da prefeita Conceição Cutrim, a maioria dos parlamentares de Olinda Nova do Maranhão não entraram na sessão virtual marcada para esta segunda, 24.

Sessões estão sendo realizadas virtualmente por conta da pandemia

Como anunciamos mais cedo, a promotora da cidade, Natália Macedo, encaminhou uma recomendação pedindo que os parlamentares se abstenham de aprovar um projeto da prefeita que quer contratar se concurso ou seletivo, mais de 230 profissionais para diversas áreas. Segundo o Ministério Público, a proposta é inconstitucional.

Com a recomendação, apenas três parlamentares foram à sessão: o presidente da casa, Fledson Viegas, Romilson de Irmã Creusa e Léo do Povo. Os demais não entraram na sessão virtual após o chefe da casa encaminhar o link da reunião. Eles criticaram a ausência dos governistas e classificaram como uma manobra para protelar o debate sobre o projeto.

Segundo Fledson Viegas, ele deve reunir a Mesa Diretora e a Assessoria Jurídica da Câmara de Vereadores e pretende devolver o projeto. Ele informou que é totalmente a favor do seletivo agora e do concurso no fim deste ano e que do jeito que a proposta chegou ao parlamento, é impossível ser votado.

2 respostas para “Após recomendação do MP, apenas três parlamentares entram em sessão virtual e projeto deve ser devolvido em Olinda Nova do MA”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *