Morre aos 43 anos Kaká de Oxum, professor e um dos maiores incentivadores da cultura de Cajapió

Morreu na manhã deste sábado, 08, em São Luis, o professor e um dos maiores incentivadores da cultura popular do município de Cajapió, Carlos Alberto Silva, conhecido como Kaká de Oxum, aos 43 anos.

Kaká de Oxum morreu aos 43 anos, em São Luis

Segundo as informações, Kaká estava em São Luis realizando quimioterapia e teve uma baixa de pressão, vindo a falecer no início da manhã deste sábado. Ele, que era casado com Dona Lina e tinha duas filhas, também sofria de outros problemas. O corpo será encaminhado ao município de Cajapió, onde será velado e enterrado.

Carlos Alberto Silva era um dos maiores incentivadores da cultura do município. Há mais de 10 anos comandava o único boi de orquestra da cidade, ‘Brilho de Cajapió’, e, como líder umbandista, chefiava o Centro de Umbanda São Cosme e São Damião, localizado no bairro Mangueiral. Além disso, Kaká também realiza ladainhas e era benzedor.

Kaká de Oxum também era professor, lotado na Secretaria Municipal de Educação. Ele iniciou sua carreira profissional na escola ‘Mário Martins’, passando ainda pela escola ‘José Moreira’, ‘Leda Tajra’ e ‘João Teixeira’. Atualmente estava lotado no Centro de Ensino Municipal José Caetano Vaz, lecionando artes. Ele também era artesão, alfaiate, contista, coreógrafo e outras coisas.

Homenagens

O prefeito da cidade, Dr. Marcone, lamentou a morte do incentivador da cultura e professor, decretou luto oficial por três dias e mandou abaixar as bandeiras do município em sinal de respeito e solidariedade. Em nota, o secretário de educação, Mosart Soares, destacou o papel que ele desempenhava em várias áreas.

“O professor Carlos passeava com muita harmonia por variados campos e sua melhor definição extrapola a esfera do ensino, e só encontra melhor amparo na definição de artista. Baluarte da cultura, dos terreiros afros, também era liderança natural do seu bairro. As bandeiras das nossas escolas estão a meio mastro e dizem do nosso respeito ao professor e grande artista do município de Cajapió”, comentou.

O núcleo do Simproessema da cidade, que representa os professores, também divulgou nota de pesar. “Rogamos para que Deus possa confortá-los nesse momento de grande dor, em que as palavras se apequenam e o espírito busca amparo na fé”, disse a nota. Diversas autoridades, professores e moradores também já se manifestaram.

Uma resposta para “Morre aos 43 anos Kaká de Oxum, professor e um dos maiores incentivadores da cultura de Cajapió”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *