Mesmo já tendo sido recuperada, cabeleireira de 40 anos da cidade de Matinha morre em decorrência do Coronavírus

Morreu no início da noite desta quarta-feira, 28, a cabeleireira Daliane Piovane, da cidade de Matinha. Segundo as informações, ela já tinha sido declarada curada da Covid-19, não resistiu às sequelas e morreu em decorrência do vírus.

Cabeleireira já tinha sido declarada recuperada da Covid-19

Daliane ainda postou, na semana passada, uma foto com uma placa ‘Venci a Covid-19’ e teve alta. Ontem, 27, ela teve uma piora do quadro clínico em decorrência das sequelas deixadas pela infecção, foi transferida para o Hospital Regional de Pinheiro, onde morreu.

O corpo será enterrado em Matinha, de acordo com as recomendações da Organização Mundial de Saúde. Dona de salão de beleza e moradora do povoado Piraí, Daliane era muito querida na cidade, onde todos a tinham como amiga, guerreira e pessoa de boa índole.

Pelas redes sociais, amigos, autoridades e moradores deixaram mensagens destacando a figura querida e se solidarizando com a família.

3 respostas para “Mesmo já tendo sido recuperada, cabeleireira de 40 anos da cidade de Matinha morre em decorrência do Coronavírus”

  1. Muito amiga mesmo💔💔💔😭😭😭muita dor mesmo aí da mais por ñ podermos dar o último adeus. Mas Deus a receberá de braços abertos.

  2. Daliane, você foi uma pessoa muito especial para todos nós, deixará muita saudade e sentiremos muito a sua falta, que Deus a tenha em um bom lugar, você é merecedora. Adeus amiga

  3. Como nos chamávamos, os gays amigos aqui em MATINHA, de prima(s), vc será sempre um exemplo para todos nós, nos deixou de coração partido cm essa sua ida tão precoce, te amaremos sempre, q a luz do bem eterna seja seu limite!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *