Sob a liderança de Carrinho e Dr. Julinho, prefeitos da Baixada discutem projeto de aterro sanitário consorciado na Região dos Lagos

O prefeito de Viana, Carrinho Cidreira, e o presidente da Agerp, Dr. Julinho, se reuniram neste sábado, 24, com vários prefeitos, secretários, vereadores e lideranças, para a apresentação de um projeto de implantação de um aterro sanitário consorciado, que atenda nove municípios da Região dos Lagos. Uma nova reunião está marcada para o dia 14 de maio, em Penalva.

Encontro reuniu diversos prefeitos da região do Campos e Lagos

O objetivo é viabilizar uma alternativa para erradicação dos lixões nessas cidades, de forma sustentável e de acordo com as exigências do Ministério Público. O aterro sanitário, caso seja criado o consórcio, atenderá aos municípios de Matinha, São João Batista, São Vicente Férrer, Pedro do Rosário, Olinda Nova, Penalva, Cajari, Vitória do Mearim, além de Viana.

O projeto foi apresentado pelo engenheiro Pedro Aurélio, especialista em resíduos sólidos, com auxílio do presidente da Agência Executiva Metropolitana (AGEM), Lívio Correa, que atendeu convite do presidente da AGERP, Dr. Julinho, representante do Governo do Estado na reunião. No encontro também foram tratados outros temas, entre eles, a construção de um Matadouro Industrial, para findar com os abates clandestinos, muito comum em cidades da Baixada; a transformação de vicinal em estrada com asfalto, ente os povoados Acampamento e Vila Nova, via muito importante para o escoamento da produção agropecuária da região.

Importância

Carrinho recebeu todos os gestores e afirmou que Viana está se propondo a receber a usina de resíduos sólidos, com apoio do governador Flávio Dino, que virá para decretar o fim dos lixões. “Recebi a orientação do governador do Estado, Flávio Dino, para realizar esta reunião com os prefeitos da Baixada Maranhense para juntos criarmos um consórcio onde podemos buscar melhorias para a nossa região. A criação de um aterro sanitário que atenda a toda nossa região é de extrema importância, tendo em vista que cada dia mais precisamos cuidar do nosso meio ambiente. É motivo de satisfação poder reunir em Viana esses colegas e juntos somarmos força para que a nossa baixada se desenvolva”, afirmou.

Para o presidente da AGERP, Júlio César Mendonça, é fundamental que os prefeitos percebam a importância de um aterro sanitário para esse grupo de cidades maranhenses, sobretudo considerando-se que quase todos os municípios do estado foram alvo de ações do Ministério Público para fechamento dos lixões.

Os gestores debateram e concordaram com a implantação urgente de um frigorífico para atender toda a região, benefício que vai ser solicitado por meio de emenda parlamentar. De acordo com análise técnica, será definido qual o melhor local, e os municípios serão avaliados. Onde houver melhores condições, o frigorífico será instalado. Para Ronildo Campos, prefeito de Penalva ‘esse consórcio é muito importante para nós porque precisamos tirar do papel as ideias e buscar crescer juntos. Sem dúvida, o consórcio é uma saída para nós, pois juntos temos forças para conseguir outros recursos para a nossa região’.

Os debates estiveram em torno da viabilidade do projeto, com o apoio do Governo do Estado, Flávio Dino (PCdoB), com a meta de instalação do aterro para pôr fim aos lixões na região. “Existe uma ação judicial pedindo que seja feito a implantação de um aterro sanitário, e a sua não realização implica ato de administração pública para os prefeitos. A realização dessa reunião é para que ocorra de fato a concretização de um aterro sanitário e os prefeitos fiquem livre dessa punição.“ ponderou o engenheiro Pedro Aurélio, especialista em resíduos sólidos.

Os prefeitos foram unânimes em destacar a necessidade de acabar com os lixões, mas ressaltaram que todos os pontos devem ser debatidos minuciosamente, diante dos aspectos técnicos e burocráticos para que finalmente se possa avançar. “Nós prefeitos temos que buscar apoio de outras pessoas que estão ombreadas conosco para resolver esse problema de lixão nas nossas cidades. Sabemos que é um problema antigo, mas nós temos que buscar uma solução agora, resolver esse problema é urgente”, ressaltou Linielda de Eldo, Prefeita de Matinha.

Participações

A reunião contou com a presença dos prefeitos Raimundo Nonato (Vitória do Mearim), Ronildo Campos (Penalva), Toca Serra (Pedro do Rosário), Domingos Erinaldo (Rosário) Conceição de Maria (prefeita de Olinda Nova), Linelda Cunha (Prefeita de Matinha), Lucas Gonçalves Coelho, secretário de governo, representante de Cajari, Pedro Aurélio, engenheiro, especialista em resíduos sólidos, vereadora Vilma, de Matinha e do chefe de gabinete de Viana, Nélio Júnior. Com informações da Assessoria de Imprensa.

3 respostas para “Sob a liderança de Carrinho e Dr. Julinho, prefeitos da Baixada discutem projeto de aterro sanitário consorciado na Região dos Lagos”

  1. Até que enfim uma notícia boa para nossa cidade.
    Em Arari tem um lixão que nunca foi dado jeito e assim todos os municípios da Baixda
    Espero que daí continuem e coloquem em execução esse projeto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *