Secretaria de Atividade Rural e Meio Ambiente apresenta plano de ação ao prefeito e discute retomada de projetos em São João Batista

A equipe da Secretaria Municipal de Atividade Rural e Meio Ambiente de São João Batista se reuniu nesta quinta-feira, 15, com o prefeito Mecinho e apresentou o Plano de Ação para fortalecer suas atividades.

Equipe apresentou plano de ações

O encontro foi realizado na Gabinete e contou a participação do titular das pasta, Apolinário Santos; do secretário adjunto, David Cutrim, e técnicos e assessores da pasta, além do secretário de Articulação Política, Diolindo Silva. A ideia é trabalhar em conjunto com órgãos como o Sistema SAF (Sagrima, Agerp e SAF) e criação de parcerias com Codevasf, Senar, Sebrae, Banco do Nordestes e outros possíveis parceiros.

De acordo com Apolinário, a discussão entre sua equipe e o gestor municipal serviu também para discutirem a revitalização da Casa Granja, localizada no povoado Vertente, onde serão executados projetos diversificados voltados para as áreas de agricultura ,avicultura, piscicultura, suinocultura, bovinocultura e outros.

O projeto também visa a construção da Escola Familiar Rural para oferecer cursos técnicos em diversas áreas para os filhos dos agricultores familiares. Na oportunidade também foi apresentado projetos para criação de pequenas agroindústrias de farinha, mel, carne de caranguejo, além de projetos para jardinagem e paisagismo dos canteiros e praças da cidade.

“Apresentamos o nosso plano de ações ao prefeito Mecinho para que, juntos, possamos buscar alternativas para melhorar a vida do homem do campo e São João Batista tem potencial para se tornar um município de grandes projetos e ações nestas áreas”, concluiu o titular da pasta.

6 respostas para “Secretaria de Atividade Rural e Meio Ambiente apresenta plano de ação ao prefeito e discute retomada de projetos em São João Batista”

  1. Nada reverterá o quadro em que a mulher de Mecinho colocou ele. Nem a boa intenção de vocês da secretaria de agricultura em reverter projetos importantes como a Casa da Castanha, casa do mel

  2. sonhar não custa nada, assim vão ser esses 4 anos, um mundo de sonho cor de rosa kkkkkkkk Apolinário era pra ser adjunto de cultura pois não tem capacidade e estudo p ser secretário de nada, David era p ser um monitor de desses cursos q ele sonha em implantar, Mayara secretária de assistência e Herlen de finanças, ou seja, tudo errado. Agora o q eu gostei de vdd foi essa cara de simpatia de Diolindo, Cruz credo kkkkkk

  3. Sem dúvida alguma, são projetos muito bons. Sou cidadão joanino e sempre tenho esperanças de melhorias para nossa terrinha querida, bem como mantenho firme a intenção de ajudar naquilo que possa. Sugiro que providenciem a coleta seletiva do lixo – um dos grandes problemas de todas as cidades, independentemente do tamanho, com a implantação do Projeto Pro-Catador, que conta com integral apoio do Governo do Estado, já existente em algumas cidades maranhenses. É valiosíssimo, porque trata satisfatoriamente o grande problema, beneficia os garis, remunerando-os de forma mais digna, proporcionando-lhes também a participação em alguns benefícios melhorativos da qualidade de vida de suas famílias. A participação do Estado, consiste em fornecimento de material e equipamentos para os trabalhos e tratamento seletivo do lixo urbano, através da Secretaria de Estado do Meio Ambiente. Fica a sugestão e meus parabéns pela atuação!

  4. Sem dúvida alguma, são projetos muito bons. Sou cidadão joanino e sempre tenho esperanças de melhorias para nossa terrinha querida, bem como mantenho firme a intenção de ajudar naquilo que possa. Sugiro que providenciem a coleta seletiva do lixo – um dos grandes problemas de todas as cidades, independentemente do tamanho, com a implantação do Projeto Pro-Catador, que conta com integral apoio do Governo do Estado, já existente em algumas cidades maranhenses. É valiosíssimo, porque trata satisfatoriamente o grande problema, beneficia os garis, remunerando-os de forma mais digna, proporcionando-lhes também a participação em alguns benefícios melhorativos da qualidade de vida de suas famílias. A participação do Estado, consiste em fornecimento de material e equipamentos para os trabalhos e tratamento seletivo do lixo urbano, através da Secretaria de Estado do Meio Ambiente. Fica a sugestão e meus parabéns pela atuação!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *