Prefeito de São João Batista manda fechar bares e proíbe atendimento presencial em lanchonetes; veja novo decreto

O prefeito Mecinho mandou fechar todos os bares e proibiu o atendimento presencial em lanchonetes da cidade de São João Batista. As restrições foram anunciadas em um decreto, assinado pelo gestor nesta segunda-feira, 15.

Prefeito de São João Batista anunciou novas medidas

De acordo com o novo documento, está temporariamente proibido, em qualquer horário, o oferecimento de entretenimento em bares e similares, bem como a realização de shows e eventos festivos, em locais públicos e privados, entre outras atividades que estimulem a aglomeração de pessoas, sob pena de autuação dos proprietários e responsáveis.

Os donos dos bares podem ser autuados pelo pelos fiscais municipais, Guarda Municipal e Polícia Militar, por atos contra a saúde pública. Apesar do texto do documento não ficar claro a respeito da abertura, assessores jurídicos da prefeitura informaram que o fechamento é total dos bares e que Guardas Municipais serão acionados para cumprimento da medida.

Mecinho também decidiu suspender o atendimento presencial nas lanchonetes, estando autorizado somente pedidos através de serviço delivery. Todas as demais atividades comerciais e estabelecimentos não enquadrados nos artigos anteriores deverão intensificar os controles como uso de máscaras, distanciamento social, redução de lotação e outras medidas.

Vejam o novo decreto abaixo…

Novo decreto – São João Batista – Baixar

10 respostas para “Prefeito de São João Batista manda fechar bares e proíbe atendimento presencial em lanchonetes; veja novo decreto”

  1. Quanto custa a diária do prefeito quendo está fora da cidade?

    Dizendo que está a serviços da prefeitura?

    Vai em repartições do governo,.sendo que Alísio Mendes e contra, no prefeito já sabe que se não der apoio ao governo não recebe nada, enquanto a isso ele recebe suas diária que no mínimo deve chegar de 1.500 a 2.000, é mole ou quer mais, isso é fora seu salário milionário de 17.000 mensais

    1. você só concorda porque talvez você e salariado né só por isso que você concorda a gente que trabalha com bar não trabalha porque que é porque não tem serviço para trabalhar entendeu e a gente tem filhos para sustentar tem famílias

  2. Aglomeração tem todos os lados, aí só quem paga a conta são os bares. Academia, igreja, supermercado, lojas, algumas podem aglomerar. No domingo houve passeata pró Bolsonaro em quase todo o Brasil com aglomeração. Quando é pra fazer pode política pode aglomerar.

  3. Eu vejo uma colocação de informações erradas por parte do blog o prefeito não mandou fechar. mas sim ele editou um decreto como em tantos outros municípios obedece quem quiser

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *