Da regional de Viana, apenas as cidades de São Bento e Bacurituba estão com mais de 60% de cobertura da vacinação neste momento

Após o decreto do governador do governador Flávio Dino sobre as novas normas de recebimento de vacinas, onde as cidades só irão receber novas doses se provarem a imunização de 60% do público alvo, a imprensa do Maranhão lançou diversas matérias a respeito do assunto.

Vacinação no Maranhão

Ontem, por exemplo, dos 217 municípios, 168 estavam impossibilitados de receber novas doses da vacina contra o novo Coronavírus. A questão é que o quadro muda diariamente, de acordo com as informações que os municípios passam para o sistema de acompanhamento da vacinação da Secretaria de Estado da Saúde.

Com a nova atualização feita no site do Governo do Estado (confiram AQUI), feita às 18 horas desta quarta-feira, 03, os municípios de São Bento e Bacurituba, da regional de saúde de Viana, chegaram a mais de 60% do público imunizado, o que vai possibilitar que novas doses das vacinas enviadas ao estado sejam recebidas.

De acordo com o novo levantamento, das 1.406 doses que chegaram à cidade de São Bento, 881 já foram aplicadas, alcançando 62,66% da cobertura. Em Bacurituba, das 230 doses recebidas, 140 já foram aplicadas, chegando a 60,87%. A SES atualiza os dados todos os dias, ao fim do dia, o que significa que esse quadro deve mudar novamente hoje.

Mais de 200 mil doses já foram aplicadas em todo o Maranhão e novas vacinas estão chegando aos municípios esta semana. Vejam como anda a imunização nas cidades que o Blog do Jailson Mendes cobre…

5 respostas para “Da regional de Viana, apenas as cidades de São Bento e Bacurituba estão com mais de 60% de cobertura da vacinação neste momento”

  1. PAULO MARINHO ex prefeito. Pede pra Flavio Dino não punir as pessoas com a suspensão da vacina nos municípios que não cumpriram a meta de vacinação e sim punir o prefeito, pela sua irresponsabilidade. Achei muito coerente esse pedido.
    Vamos São João Batista, cumprir essa meta, o povo precisa ser vacinado já.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *