Mecinho manda investigar supostas irregularidades na gestão de João Dominici, em São João Batista

O prefeito de São João Batista, Mecinho, abriu um procedimento para investigar possíveis irregularidades na gestão de seu antecessor, João Dominici. Segundo uma portaria instaurada por ele, na semana passada, a investigação será através de um Processo de Tomada de Contas Especial.

Mecinho mandou investigar João Dominici

A decisão de Mecinho é para ‘apurar os fatos referentes aos atos ilegais ou antieconômicos praticados pelo ex-prefeito municipal personificado na pessoa de João Dominici, por força das irregularidades cometidas na ausência de informações e envio de relatórios ao Sistema CAUC/SIAFI’.

O CAUC é um serviço que disponibiliza informações acerca da situação de cumprimento de requisitos fiscais por parte dos municípios, dos estados, do Distrito Federal e de organizações da sociedade civil (OSC), necessários à celebração de instrumentos para transferência de recursos do governo federal.

Por exemplo, o CAUC recebe informações da Secretaria Especial da Receita Federal do Brasil (acerca da emissão de certidão em tributos federais), da Caixa Econômica Federal (sobre a emissão do certificado de regularidade no FGTS), etc. Depois de obtida a informação de regularidade ou de pendência, o CAUC reúne todas essas informações no extrato exibido em sua página.

Para apurar as condutas de João Dominici, o prefeito nomeou uma comissão de três pessoas, composta por Ruann Sales Holanda, Mauro Muniz Medeiros Filho e Erica de Jesus Siqueira, que terão 90 dias para a apuração dos fatos, identificação dos responsáveis e quantificação do dano decorrente e a consequente responsabilização dos envolvidos.

11 respostas para “Mecinho manda investigar supostas irregularidades na gestão de João Dominici, em São João Batista”

  1. Barreiras intragáveis
    Estradas intransitáveis
    Funcionários sem receber
    Postos de saúde sem funcionar
    Hospital sem remédio e a preocupação de merdinha é com João

    1. Tá lascado esse prefeito, mas também foi formado em administração pública pela FACITEL kkkkkk, ou quis dizer da FAUSSARIA TEL, e o resto do nepotismo, quando tu vai cumprir as determinações do ministério público?, sendo que todos da família investiram financeiramente pra quererem extorquir os cofres públicos, bem feito pra esse povo sem noção.

  2. Ficou doido, depôs que Eduardo não quis apoiar esse rapaz, por causa da sua ganância, e de seu pai Diolindo começou os ataques a João, procura é retirar teu parentes do quadro de funcionários que configura nepotismo besta fera, aliás Eduardo fez o certo em ao te apoiar, já sabia das tuas maracutralhas, colocou só teus familiares, e com certeza iria meter logo o pé nele em seguida, terminou a eleição em 3°, mas com honrar, homem que não se prende a ninguém… tu tem muito que aprender mecinho, aliás foram 16 anos na taca para os Dominici, mas na política tudo é um ciclo, infelizmente os deles passaram mas perpertruraram nesta cidade desde de 2004, já tu meu amigão desse jeito não sei se concorre a tua reeleição em 24!!

    1. Doido é tu babão, tudo bloqueado por conta dessa antiga administração irresponsável, vcs que tem de apresentar como se administra, agora banco de larápios vcs vão saber de fato o que é administração Pública. Educado tem história é para roubar o povo, o pai foi um fantoche do filho. Chegou um novo tempo, já era bando de babão.

  3. E Mecinho ou merdinho, Dr. João Dominici, ta cagando pra vc. merdinho, o que vai acontecer com ele já passou dos 80 anos. tem um velho ditado macaco não olha par seu rabo, teu pai sempre foi um gatuno nessa Prefeitura.

  4. Gente fiquem de olho nessas portarias da educação,como todos sabem,não vai haver aulas presenciais,muitos cargos não podem ser ocupados,está chegando aí uma larapia que entende muito bem em desvios viu,fiquem de olho,daqui a uns dias posto o nome dela aqui pra vcs … Saulo,cuidado daqui a uns dias nem CPF vc tem mais,voce não precisa disso Saulo,ser marionete de ninguém

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *