Festejos católicos do município de Arari viram Patrimônios Imateriais do Maranhão

O Projeto de Lei 487/2019, de autoria do deputado estadual Vinicius Louro (PL), que eleva os festejos de Nossa Senhora das Graças e do Senhor Bom Jesus dos Aflitos, realizados em Arari, à condição de Patrimônio Imaterial do Estado do Maranhão, foi aprovado por unanimidade na Assembleia Legislativa, durante a sessão desta quarta-feira (16). Nos próximos dias, o PL vai à sanção do governador Flávio Dino (PCdoB).

Festejo reúne milhares todos os anos em Arari

O festejo de Nossa Senhora das Graças, que ocorre em agosto, e o do Senhor Bom Jesus dos Aflitos, em setembro, são as mais antigas manifestações culturais e religiosas do município de Arari. De acordo com o PL, a festa de Bom Jesus dos Aflitos, por exemplo, é bastante concorrida e atrai milhares de fiéis à cidade, gerando emprego e renda há mais de 200 anos.

Nos meses dos festejos, Arari é agraciada com centenas de ararienses que já não residem mais na cidade, mas que retornam à terra natal movidos pela fé. O evento, além de tudo, mobiliza costureiras e alfaiates da comunidade, pois são eles os responsáveis pelas vestimentas dos participantes.  A mais recente edição do Festejo de  Bom Jesus dos Aflitos reuniu mais de dez mil fiéis, ratificando a magnitude e a beleza da expressiva manifestação cultural.

“A população arariense merece este presente, que representa muito para os fiéis, não somente da cidade, mas também para aqueles que vêm de outros lugares especialmente para prestigiar essa importante festa religiosa da cultura arariense. Que o governador Flávio Dino seja sensível a este projeto, que mexe com a fé e a esperança deste povo tão querido”, declarou Vinicius Louro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *