Urgente: Justiça proíbe divulgação da pesquisa do Instituto MBO Publicidade em Olinda Nova do MA

O juiz eleitoral de Matinha, Alistelman Mendes Dias Filho, que responde pela Justiça Eleitoral de Olinda Nova do Maranhão, acaba de conceder liminar proibindo a divulgação da pesquisa do Instituto MBO Publicidade, Marketing e Pesquisa, marcada para ser divulgada no próximo dia 14, um dia antes das eleições.

Conceição e Moça de Riba disputam eleições em Olinda

O magistrado atendeu um pedido da coligação ‘A união continua’, encabeçada pela candidata do PSC, Moça de Riba. A coligação alegou que a pesquisa estaria em descompasso com a legislação, apontando que não houve registro da origem do recurso para a sondagem e nem realizado plano amostral conforme as normas legais do TSE e que o arquivo referente aos questionários anexado no sistema PesqEle está inacessível.

O juiz acolheu os argumentos da coligação e disse que ‘entre as inconsistências apontadas há possíveis quebras da norma legal pela pessoa jurídica MR Borges Serviços/MBO Publicidade, Marketing e Pesquisa ao deixar de informar a origem dos recursos para a pesquisa, conforme exigido pelo Art. 2º, II, da Resolução TSE nº 23/600/2019, que não dispensa tal informação ainda que realizada com recursos próprios’.

“De fato, ano analisar o registro da pesquisa no sistema PesqEle do TSE, não foi encontrado informações referente a origem dos recursos para realização da pesquisa. Mesmo que se trate de possível erro formal na elaboração do registro, não deixa de contrariar o dispositivo acima citado. Com relação ao documento de questionário a ser utilizado na pesquisa anexado no registro, o mesmo está acessível conforme certificado pelo Cartório Eleitoral nos autos”, comentou.

Por fim, ele deferiu a liminar e determinou a suspensão da divulgação dos resultados da pesquisa eleitoral nº MA 02137/2020 em todos os meios físicos e eletrônicos, sob pena de multa no valor de R$ 10.000,00. De acordo com as informações no TSE, a sondagem ouviu 400 pessoas, entre os dias 08 e 09 deste mês e vai mostrar cenários para prefeito e vereador.

Decisão – Pesquisa – Olinda Nova do MA – Baixar

2 respostas para “Urgente: Justiça proíbe divulgação da pesquisa do Instituto MBO Publicidade em Olinda Nova do MA”

    1. Que pena a única pesquisa pra sabermos o tamanho da taca que essa candidata “agricultora de araque” como ela relatou pro TRE tendo como profissão e que nunca pegou no cabo de uma enxada

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *