Coligação de Mecinho diz que se equivocou e desiste de impugnação contra Tâmara de Rico, em São João Batista

Os advogados da coligação ‘Juntos por nossa gente’, encabeçada pelo candidato do PSC, Mecinho, ingressaram agora há pouco com um pedido desistência onde tentaram barrar a candidatura de Tâmara de Rico, do PC do B e membro da coligação ‘Pra vencer e resolver’, encabeçada pelo candidato do PDT, Carlos Figueiredo.

Coligação de Mecinho desistiu de impugnação contra Tâmara de Rico

No último dia 29, os advogados da coligação ingressaram com uma representação contra a candidata afirmando que ela seria funcionária pública da prefeitura de São João Batista, o que não procede segundo documentos da atual gestão e consultas feitas pelo blog no Portal da Transparência da prefeitura (reveja AQUI).

Na tarde desta sexta-feira, 02, o representante da coligação, Renato Abreu, informou que não quer mais seguir com a ação. “A coligação Juntos por nossa gente vem, com a habitual vênia, à honrosa presença de Vossa Excelência, informar não ter mais interesse no presente feito de Ação de Impugnação de Registro de Candidatura em desfavor de Tâmara Regina Campos Costa”.

O pedido diz ainda que houve um equívoco por parte da coligação. “Diante do exposto, requer-se digne Vossa Excelência homologar a presente desistência tendo em vista o equívoco na impugnação da candidata a vereadora deste município, visto que a mesma não é servidora pública no município de São João Batista, não existindo necessidade de desincompatibilização do cargo ao tempo e na forma da Lei”, concluíram.

PEDIDO DE DESISTENCIA – TAMARA REGINA CAMPOS COSTA- Baixar

5 respostas para “Coligação de Mecinho diz que se equivocou e desiste de impugnação contra Tâmara de Rico, em São João Batista”

  1. Mecinho tinha tudo para ser um bom prefeito. Foi um bom vereador porque muitos dizem que ele não foi bom vereador porque não da nada pra ninguém mas o papel do vereador não é esse mesmo e sim de fiscalizar, legislar, estava pronta para votar pra ele mas desiste por dois motivos óbvios e que toda a população já começou a ver.
    Primeiro a arrogância de dizer que já ganhou, já é o prefeito, deixou subir a cabeça dele e seus aliados.
    Segundo a prepotência da sua esposa.
    Se é com Mecinho beijos e abraços de Judas senão bloqueia a pessoa no zap, fala mal nos bastidores, quer mostrar uma imagem de coração bom, tão bom que mandou reformar um sofá e pediu os pés de volta para o profissional.
    E agora está ridículo essa briguinha boba com Carlos Figueiredo, tu não vê que tu é ovo brigando com pedra?
    E que se Mecinho ganhar sabe o que vai acontecer? Será pior que o governo de João do Campo.
    Não queria ser secretário desse governo porque se chegarem até a prefeitura farão coleção de processos.
    Fica a dica .

Deixe uma resposta para Duarte Junior Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *