Corpo de bombeiros e órgãos encontram leão-marinho que estava perdido no Rio Mearim, em Arari

Um leão-marinho que foi flagrado nadando nas águas do Rio Mearim, na cidade de Arari, foi encontrado nesta quinta-feira, 01. Ele foi gravado por moradores desde o dia 22 de setembro no rio e despertou a curiosidade das pessoas e preocupação das autoridades de Meio Ambiente do Maranhão (reveja AQUI).

Animal foi encontrado em Arari

Nesta quinta, após uma operação realizada pelo Corpo de Bombeiros, empresas, secretarias e institutos voltados para a defesa do Meio Ambiente resgataram o animal, que foi encontrado próximo ao povoado Arraial. Segundo a imprensa local, o leão-marinho está bem e será encaminhado à capital do estado.

Ele ficará uma semana sendo hidratado e depois será encaminhado para São Paulo, onde irá para um centro de reabilitação e só depois será reconduzido ao seu habitat natural.

Animal

Alguns biólogos trabalham com a teoria de que o leão-marinho possa ter se perdido do bando após ter passado por uma pororoca, fenômeno natural do encontro entre águas do mar e do rio, que também acontece no Rio Mearim. O que chama a atenção é a distância percorrida pelo animal, pois no Brasil, a ocorrência desses animais é bem limitada.

Durante o inverno, um grupo de leões-marinhos costuma frequentar a chamada Ilha dos Lobos, na cidade de Torres, no Rio Grande do Sul, fugindo do inverno rigoroso da Patagônia, na Argentina. A maioria dos animais que vem para o Brasil são machos e jovens, uma vez que as fêmeas permanecem na Patagônia para cuidar dos filhotes.

Leões-marinhos são carnívoros, ou seja, se alimentam de outros animais. A principal fonte alimentar dos leões-marinhos são os peixes, crustáceos e moluscos (como lulas e polvos), mas ocasionalmente podem ser alimentar de aves. A organização social é composta por haréns, com um macho dominante e muitas fêmeas. Esse tipo de organização é denominada poliginia. Com informações do Imparcial e Programa Vitamina.

Uma resposta para “Corpo de bombeiros e órgãos encontram leão-marinho que estava perdido no Rio Mearim, em Arari”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *