Após 10 anos, caso do desaparecimento da menina Karol continua desafiando a polícia em São João Batista

Um dos casos que chocaram a população de São João Batista foi o desaparecimento da jovem Karollayne Costa Azevedo, mais conhecida como Karol. Hoje, 25 de agosto, completam 10 anos de seu desaparecimento e oficialmente ninguém sabe seu paradeiro desde de agosto de 2010.

Caminhada realizada anos atrás pediu providências das autoridades competentes

Segundo levantamentos preliminares, ela foi vista pela ultima vez sozinha, caminhando próximo ao um colégio, em São João Batista, por volta de 01h30 da madrugada do dia seguinte ao seu desaparecimento.

Apesar de incansáveis pedidos de investigação por parte da família e de organismos de defesa da criança e do adolescente, inclusive nacionalmente, o caso continua desafiando a polícia.

Qualquer informações sobre o paradeiro de Karolainny pode ser informado de forma anônima ao Disque Denúncia através dos telefones 3223 5800 (capital) e 0300 313 5800 (interior). Karolainny Costa Azevedo, 13 anos, brasileira, natural de São João Batista/MA, nascida em 19/12/1996, é filha de Carlos Augusto Cutrim Azevedo e Ana Célia Madeira Costa, residente na Rua do Campo de Bola, s/n, Bairro Centro, São João Batista/MA.

Uma resposta para “Após 10 anos, caso do desaparecimento da menina Karol continua desafiando a polícia em São João Batista”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *