Filha de diretor penitenciário de Viana morre durante tiroteio na cidade de Timon

No último sábado, na cidade de Timon, um tiroteio acabou matando a filha do Diretor Penitenciário do município de Viana, na Baixada Maranhense. O caso aconteceu no último sábado, 01.

Camila Gabriely Lopes Oliveira e Carlos Eduardo dos Santos Valadão foram as vítimas do tiroteio em Timon (MA) — Foto: Reprodução/Instagram
Camila Gabriely e Carlos Eduardo foram as vítimas fatais do tiroteio em Timon (MA)

Segundo as informações, homens encapuzados chegaram em um bar, na zona rural de Timon, em um veículo e atiraram contra quem estava no local. Duas pessoas foram vítimas fatais e outras três também foram atingidas e levadas ao Hospital Municipal.

Eduardo Valadão, de 23 anos, e Camila Gabriela Lopes, de 30 anos, morreram na hora durante o tiroteio. Ela era auxiliar administrativa da penitenciária daquela cidade e filha do policial penal e diretor geral do Presídio de Viana, Edmar Guilherme de Oliveira.

Segundo a polícia, oito suspeitos armados e encapuzados participaram da ação criminal e efetuaram mais de 50 tiros. No local, havia pelo menos 30 pessoas no momento dos disparos e muitos chegaram a pular no Rio Parnaíba para fugir dos tiros. Até o momento, ninguém foi preso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *