Empresa de distribuição de remédios investigada pela Justiça já faturou mais de R$ 11 milhões em Viana

A empresa piauiense Dimensão Distribuidora de Medicamentos (CNPJ 02.956.130/0001-28) já foi envolvida em diversos escândalos na venda de medicamentos, investigada pelo Ministério Público e condenada pela Justiça.

Agora lascou: Justiça proíbe desfile do bloco do prefeito de Viana ...
Prefeito de Viana, Magrado Barros

Em novembro de 2011, a Delegacia de Combate a Crimes de Ordem Tributária do Piauí desencadeou uma operação, juntamente com o Núcleo de Inteligência da Secretaria Estadual de Fazenda piauiense, e encontrou um depósito de medicamentos localizado na Rua Piripiri, no bairro Pio XII, contendo medicamentos desviados.

Mesmo assim, a empresa continua vencendo licitações e faturando alto em diversas prefeituras maranhense, como Tuntum, Codó, Pinheiro, Chapadinha, Vitorino Freire, Trizidela Do Vale, Axixá, Impreatriz, Paço do Lumiar e outras. Segundo levantamento no site do Tribunal de Contas do Maranhão (TCE-MA), a Dimensão Distribuidora e a TCE Torres faturaram o valor de R$ 411.567.637,24 em todo o estado do Maranhão. Confiras contratos no TCU AQUI.

A Prefeitura de Viana celebrou contratos com a empresa investigada nos anos de 2017, 2018 e 2019. Os valores foram pagos com recursos do Fundo Municipal de Saúde. Em 2017, a gestão Magrado Barros pagou R$ 3 milhões, 240 mil, 865 reais e 24 centavos para “fornecimento parcelado de medicamentos e correlatos, materiais hospitalares, laboratório e odontológico às Unidades de Saúde do município de Viana/MA” e mais R$ 383 mi, 339 reais e 58 centavos para aquisição de medicamentos e correlatos, materiais hospitalares, laboratório e odontológico às Unidades de Saúde do município de Viana/MA”.

Cifras milionárias

No ano de 2018, a Prefeitura pagou R$ 2 milhões, 919 mil, 371 reais e 80 centavos para aquisição de medicamentos e correlatos, materiais hospitalares, laboratório e odontológico às Unidades de Saúde do município de Viana/MA” e mais R$ 383 mil, 339 reais e 58 centavos para a mesma finalidade.

Em 2019, foram R$ 3 milhões, 715 mil 593 reais e 79 centavos para “fornecimento parcelado de medicamentos e correlatos, materiais hospitalares, laboratório e odontológico às Unidades de Saúde do município de Viana/MA”, R$ 500 mil, 465 reais e 90 centavos e mais R$ 613 mil, 228 reais e 78 centavos para aquisição de medicamentos e correlatos, materiais hospitalares, laboratório e odontológico às Unidades de Saúde do município de Viana/MA”.

O total destinado dos cofres públicos a uma única empresa, já investigada e condenada foi de R$ 11 milhões, 756 mil, 204 reais e 70 centavos. Mais de 11 milhões de reais para saúde de Viana, município que não dispõe sequer de postos de saúde em condições mínimas de funcionamento nos povoados. Fonte: Vianensidades

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *