Costinha mantém estado de calamidade, libera cultos e missas e flexibiliza medidas contra a Covid-19

O prefeito Costinha decidiu manter o Estado de Calamidade Pública na cidade de Olinda Nova do Maranhão, decretado após aumento de casos da Covid-19, mas em novo decreto o gestor decidiu, também, flexibilizar as medidas.

Prefeito decidiu flexibilizar medidas

De acordo com o documento, em todos os locais públicos e de uso coletivo é obrigatório o uso de máscaras de proteção e a prefeitura informou que adotará as medidas necessárias para produção, distribuição e entrega de máscaras e que buscará parcerias para a entrega de máscaras.

Os comerciantes deverão continuar com todas as medidas de proteção e, neste novo decreto, Costinha autorizou a realização de cultos religiosos, missas e reuniões espirituais, com algumas restrições. As igrejas terão que garantir o distanciamento de 2 metros, idosos, grupo de risco e crianças estão proibidos de participar.

O gestor também recomendou que líderes com mais de 60 anos não participe dos atos religiosos. Além de outras medidas, os templos deverão disponibilizar álcool em gel 70% para os fieis. Também está liberada caminhadas ao ar livre e funcionamento de estabelecimento de vendas de alimentos, com algumas restrições.

As demais medidas estabelecidas no decreto anterior permanecem válidas, inclusive com suspensão de aulas presenciais. Olinda tem 147 pessoas que testaram positivo para a Covid-19 e 75 desse total já estão recuperadas. Vejam o documento, na íntegra.

Decreto – Prorrogação- Baixar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *