Empresário ameaça suspender serviços funerários em Penalva após confusão envolvendo mortes pelo Coronavírus; moradores dizem que sentem medo

Desde a semana passada, vários vídeos circulam em grupos da Baixada Maranhense de uma confusão em frente ao Cemitério Público da cidade de Penalva, localizado no bairro Molheiro. O Blog do Jailson Mendes conversou com o empresário, com os moradores e com a gestão municipal.

Ontem, 14, o empresário do ramo de serviços funerários, Washington Alves Serra, gravou um vídeo ameaçando suspender os enterros feitos pela sua empresa por conta das diversas confusões que têm sido acontecido na frente do cemitério. Pelos vídeos encaminhados ao blog e amplamente divulgados em redes sociais, moradores insultaram os funcionários e pediram para que os enterros não fossem feitos no único cemitério da cidade.

Ao blog, Washington Serra contou que é dono do Memorial São José e que presta serviços para diversos municípios da Baixada Maranhense, inclusive em Penalva, mas que já foi bastante hostilizado por alguns moradores próximos ao cemitério. Ele disse que a empresa dele está tomando todas as providências e seguindo todos os protocolos e que não tem possibilidade alguma de ter contaminação aos moradores próximos.

No vídeo aos penalvenses, o empresário conta que tem feito regularmente a capacitação de funcionários e que sua empresa é a única na Baixada capacitada e legalizada junta à Anvisa para fazer tal procedimento, a respeito das mortes por Coronavírus. “Esses últimos dias estamos passando por uma situação gravíssima, que é a pandemia do Coronavírus. Me parece que aqueles amigos de Penalva, que moram ali próximo ao cemitério ainda não entenderam a situação e aí hostilizam, xingam…uma pena, infelizmente uma pena”, conta o empresário, que interrompeu o vídeo chorando pela situação.

‘Vocês já viram como são enterrados essas pessoas, que não têm identidades? Dentro de um saco, higienizado, lacrado. Qual o risco que a população corre? O risco está em mim e nos meus funcionários, que estamos diretamente. Nós estamos tentando fazer um enterro digno, se é que isso é digno. Um enterro que ninguém ver, ninguém pode ir. Nós estamos fazendo tudo o que o Ministério da Saúde e a OMS determina, mas infelizmente a partir de hoje a nossa empresa está se retirando do município de vocês’, Washington em outro trecho do vídeo.

Ao blog, ele confirmou estas informações, mas disse que tem mantido conversas com a gestão municipal para saber como será feito a partir de agora e que lamenta que as pessoas não entendem a situação. Ele também voltou a falar sobre esses enterros e pediu que os prefeitos possam dá mais atenção às famílias e que as pessoas que perderam suas vidas possam ser homenageadas em seus municípios.

O que dizem os moradores

O Blog do Jailson Mendes conversou, por telefone, com dois moradores próximos ao cemitério. Eles falaram sobre a situação, mas pediram para não serem identificados. Um deles contou que estava durante uma das manifestações, mas que fez isso pelo medo, pois ‘as mídias dizem a todo momento que o vírus pega no ar’. Ele também contou a população está apavorada e que por isso tem feito manifestações para que os corpos vítimas de Coronavírus não sejam enterrados lá.

Um segundo morador disse que a empresa citada nesta matéria tem feito enterros errados e que um dos caixões foi colocado para dentro do cemitério por cima do murro. Ele também contou ao blog que na primeira situação, os moradores pensavam que era de uma pessoa de Viana e que ‘se eles não quiseram em sua cidade, os de lá também não queriam’.

O que diz a gestão

Procurados, tanto a Secretaria Municipal de Saúde como a Prefeitura Municipal de Penalva informaram que têm feitos todos os procedimentos de acordo com o Ministério da Saúde e da Organização Mundial da Saúde e que tem mantido diálogos no sentido de esclarecer a situação. Sobre a suspensão dos serviços funerários por parte da empresa, eles disseram que estão conversando com o empresário no sentido de manter os serviços na cidade.

3 respostas para “Empresário ameaça suspender serviços funerários em Penalva após confusão envolvendo mortes pelo Coronavírus; moradores dizem que sentem medo”

  1. Um problema grave de desinformação por parte dos moradores e por parte do Poder Executivo, que deve usar os meios de comunicação para esclarecer essa situação. Ronildo tem que intervir nisso.

  2. Acertada decisão do empresário. Ninguém merece ser desrespeitado na prestação de um serviço que muitos não reconhecem o valor em um momento desse.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *