Penalva sai na frente e adquire cabines de desinfecção desenvolvida pela UEMA para combater avanço do Coronavírus

A prefeitura de Penalva saiu na frente e fez a aquisição de duas estações de Desinfecção Individual, criadas por professores da Universidade Estadual do Maranhão (UEMA) para diminuir a possibilidade de contaminação pelo coronavírus em ambientes hospitalares ou com grande possibilidade de aglomeração.

Prefeitura adquiriu duas cabines

Segundo a secretária de saúde do município, Tânia Rodrigues, a prefeitura comprou duas cabines, sendo que uma já foi instalada no Hospital Municipal ‘Jesus de Nazaré’ e a segunda vai ser instalada na unidade Materno Infantil no povoado Jacaré, na zona rural do município. Ela esteve durante a instalação da cabine e ensinou os usuários durante o processo. Vejam vídeo abaixo.

A função da cabine é higienizar o corpo inteiro das pessoas, especialmente em ambientes hospitalares ou com grande possibilidade de aglomeração, como shoppings, terminais, ambientes escolares e supermercados. De acordo com os criadores, a cabine utiliza uma tecnologia diferenciada e de baixo custo. Ao entrar na cabine a pessoa precisa colocar as mãos na cabeça, fazer um giro de 360º e depois sair.

A cabine é equipada de uma cabine com estrutura metálica revestida com material tipo lona e foi desenvolvida pelos professores do Departamento de Engenharia Mecânica (DEMECP) do Centro de Ciências Tecnológicas (CCT), da UEMA, Kaio Nogueira (CCT/UEMA), em parceria com os professores José Marcos (Faculdade Netcom), Letícia Correia (IFMA) e Paulo Araújo (ex-aluno de Engenharia Mecânica/UEMA).

De acordo com os professores, “quem passar por uma delas recebe um jato de um produto químico diluído, desenvolvido por laboratório e certificado pela Anvisa. Inofensiva aos olhos e pele. A substância combate alguns tipos de vírus, incluindo o Coronavirus, e é capaz de permanecer na roupa das pessoas por 3 a 5 horas”.

2 respostas para “Penalva sai na frente e adquire cabines de desinfecção desenvolvida pela UEMA para combater avanço do Coronavírus”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *