Joanina morre em São Luis de Covid-19 e mais uma profissional de saúde testa positivo em São João Batista

Uma aposentada natural da cidade de São João Batista morreu na manhã desta segunda-feira, 04, em São Luis. Trata-se de Ângela Penha, sobrinha do presidente da Câmara de Vereadores do município, Cabeça.

Ângela morre em São Luis

Ela testou positivo para o Coronavírus na semana passada e estava internada em um hospital do capital do estado desde ontem. A aposentada tinha família em São Luis, onde morava há vários anos.

A informação foi confirmada através de uma nota de pesar do presidente do Poder Legislativo, que disse que ela morreu vítima de Coronavírus.

Mais casos

A Secretaria Municipal de Saúde divulgou agora há pouco mais um caso confirmada da Covid-19 em São João Batista. Segundo colheu o Blog do Jailson Mendes, trata-se de uma profissional de saúde.

Neste momento, dos casos que a secretaria acompanha, já são quatro confirmados e duas mortes. Além disso, outros quatro estão na condição de suspeitos, 26 pessoas estão acompanhadas e 29 sendo monitoradas.

Os casos descartados já somam sete. Vejam o boletim completo.

11 respostas para “Joanina morre em São Luis de Covid-19 e mais uma profissional de saúde testa positivo em São João Batista”

  1. A grande questão é que o secretário de saúde deveria divulgar quem são as pessoas com casos confirmados aqui em SJB para que outras evitem contato.
    Essa questão de preservar o nome pra não expor a pessoa, está errado.
    Fazer a divulgação em boletins dando esclarecimento a população é o melhor caminho.
    Existem situações que são de interesse coletivo. Ou somente serão divulgados os nomes de pessoas mais pobres?

  2. Prefeito e Secretário de Saúde tem é que melhorar a Saúde da Cidade, se passaram 4- Anos e nada foi feito para melhorar é só Desvios do dinheiro público os Vereadores e a População podem fazer Denúncias na POLÍCIA FEDERAL e falar que nada se resolve aqui em São João Batista.

  3. Não deveria nem se chamar secretaria de saúde. Só serve pra botar na ambulância e mandar pra São luis ou informar o óbito.
    Pergunte no “hospital” se tem Azitromicina,cloroquina e outras drogas que fazem parte do protocolo?

  4. Concordo com a pessoa q postou anteriormente q deveria divulgar os nomes das pessoas enfectadas porq só os números não adianta porq sabendo quem são fica mas fácil se prevenir não adianta depois d morrer falar e mostrar a pessoa

  5. Cobrem do governo do estado os nomes dos infectados tbm , fiquem em casa e não tenha contato com ninguém. Aí sim vc estará protegido.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *