Em Viana, moradores se unem para ajudar famílias ilhadas e em situação de extrema pobreza

Fotos encaminhadas ao Blog do Jailson Mendes e divulgadas em vários grupos do município de Viana mostram como estão vivendo duas famílias do povoado Baixa Grande. Segundo os moradores, elas estão ilhadas e vivendo em situação de extrema pobreza.

Fotos mostram famílias ilhadas em Viana

Ainda de acordo com as informações, as famílias estão passando fome e uma das mulheres está grávida, sem qualquer assistência e material de enxoval, inclusive as crianças estão dormindo em papelões. Para piorar, a água do lago subiu e o acesso às casas está sendo realizado apenas com canoas.

Para ajudar, alguns moradores estão se unindo para doar cestas básicas, roupas para os adultos e crianças, além do enxoval para a grávida. Em grupos de redes sociais, várias pessoas estão pedindo ajuda e sendo entregues aos senhores conhecidos como Lamarc ( 98 9232-3951), Nívea ( 98 9905-1861) e Maria Garimpeira (98 8705-4045). Quem quiser ajudar, é só ligar para estes números.

As casas dessas duas famílias ficam depois da fazenda ‘Maria Ibacá’ e com o avanço das chuvas, as duas residências estão totalmente ilhadas. Moradores informaram que a Secretaria de Assistência Social já foi informada da situação, mas até agora nada foi feito. O blog tentou contato com a pasta, mas até agora não obteve respostas.

Vulnerabilidade social e entrega de cestas

A situação destas duas famílias não é muito diferente de grande parte na cidade de Viana e nos demais municípios do estado, especialmente na Baixada Maranhense. Casas construídas sem nenhuma segurança, de barro e palhas e gente passando fome aumenta a cada dia, e agora com o avanço do Coronavírus, isso vai aumentar ainda mais.

Recentemente, o prefeito de Viana, Magrado Barros, foi alvo de várias críticas por está usando um programa de entrega de cestas básicas para se promover. As cestas são enviadas diretamente do Governo Federal e sempre foram entregues por lideranças comunitárias, mas agora, em ano político, o gestor está indo pessoalmente entregar.

Não há registros de que essas famílias receberam as cestas. O blog recebeu outras imagens, envolvendo os menores e por isso resolveu não postar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *