Novo boletim da SES aponta casos suspeitos de Coronavírus em Pinheiro, Matinha e Viana

Um novo boletim divulgado agora há pouco pela Secretaria de Estado da Saúde apontou casos suspeitos em Pinheiro, Viana e Matinha, na Baixada Maranhense. O boletim foi divulgado nesta quinta-feira, 26, e a SES informa que desde o início do monitoramento, registrou 1.035 casos de possível infecção por COVID-19.

Boletim acaba de ser divulgado pela SES

Destes, 297 casos descartados. Até o momento, 728 casos suspeitos são acompanhados por equipes do Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde (CIEVS). A SES monitora 10 casos confirmados por laboratório. Os dois novos casos foram registrados em São Luís: um homem, de 55 anos, com histórico de viagem para Europa (Amsterdam, Paris, Bélgica); e uma mulher, de 28 anos, com histórico de viagem para São Paulo.

Os dez casos confirmados no Maranhão seguem em isolamento domiciliar, apresentam quadro estável e são monitorados pelo CIEVS. Segundo os dados, existem dois casos em Pinheiro. Ontem a Secretaria de Saúde do município havia descartados três casos. Em Viana, o caso suspeito continua no boletim e dois foram descartados em Arari.

Neste boletim, a SES informa que existem dois casos na cidade de Matinha sendo monitorados. O Blog do Jailson Mendes conversou com o secretário de saúde, José Orlando, que informou que são duas pessoas chegadas de outros estados e que apresentaram os sintomas. Ele informou que os dois casos estão sendo monitorados pela Secretaria Municipal de Saúde, em isolamento domiciliar, mas que o estado clínico de ambos caminham para serem descartados.

Sistema de notificação

Na noite desta quarta-feira (25), o Ministério da Saúde anunciou a mudança na plataforma de formulários para notificação de casos do Covid-19. Por inconsistência do sistema, um caso positivo foi notificado na cidade de Imperatriz como sendo a mulher, de 28 anos, que na verdade é residente em São Luís.

o exame positivo para Covid-19, amplamente divulgado nas redes sociais, que pertence a uma pessoa em residência provisória em Imperatriz, foi realizado fora do Maranhão. Trata-se de um homem, de 30 anos, notificado pelo estado de São Paulo, onde reside. Por se encontrar no Maranhão, a equipe do CIEVS Estadual passa a monitorar o caso confirmado, que permanece em isolamento domiciliar e apresenta quadro estável.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *