Médicos e enfermeiros de Matinha participam de seminário sobre doenças respiratórias e o novo coronavírus

Quatro profissionais da Secretaria Municipal de Saúde de Matinha participaram hoje, 10, do Seminário de Atualização sobre Doenças Respiratórias e o Novo Coronavírus, em São Luis. A participação da equipe foi uma determinação do secretário de saúde, José Orlando Rabelo, e da prefeita Linielda de Eldo.

Equipe de profissionais de Matinha participaram da capacitação

O encontro foi  promovido pela Secretaria de Estado da Saúde (SES) no auditório do Palácio Henrique de La Rocque, com o objetivo de atualizar os profissionais de saúde para diagnóstico e manejo clínico das doenças respiratórias, incluindo o novo coronavírus (COVID-19).

Representando o município, estavam presentes os médicos Gilmar Gomes e Leonilson Serrão e as enfermeiras Ranyelle Costa e Geusile Cutrim. Durante o seminário, foram abordados também assuntos como fluxo de atendimento e da realização dos exames laboratoriais.

Pela manhã, a programação do seminário incluiu assuntos como a situação epidemiológica e manejo clínico da Influenza A (H1N1), com a médica infectologista Giselle Boumann; e os procedimentos para diagnóstico laboratorial das doenças respiratória (H1N1 e COVID-19), com a bioquímica do Laboratório Central do Maranhão, Letícia Botelho Soares Santos.

No período da tarde, foram abordados temas como a situação epidemiológica e manejo clínico da COVID-19, com a médica infectologista Rosângela Cipriano; e o fluxo de atendimento dos casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e COVID-19, com o diretor clínico do Hospital Presidente Vargas, Dimitri Vidal de Oliveira Garbis. Os participantes tiveram a oportunidade de debaterem e fazerem seus questionamentos aos palestrantes e técnicos da Secretaria de Estado da Saúde.

Para o secretário de saúde de Matinha, José Orlando, torna-se fundamental importância os municípios se munirem de informações sobre os protocolos de atendimento, plano de contingência e rede de alta complexidade disponível para os possíveis casos, embora no Maranhão ainda não tenha nenhum caso confirmado do novo coronavírus.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *