Após ser multado em R$ 12 mil pela MOB, do Governo do Estado, motorista queima a própria van na Baixada Maranhense

Um motorista da cidade de Presidente Sarney decidiu atear fogo ao seu próprio micro-ônibus, após revoltar-se com uma multa de R$ 12 mil aplicada pela Agência Estadual de Mobilidade Urbana e Serviços Públicos (MOB), agência do Governo do Estado.

Dono de van ateou fogo em seu próprio veículo

Segundo as informações, o homem disse ter sido multado por estar trafegando com um veículo anterior ao ano de 2010, quando a exigência é que esse tipo de transporte seja feito apenas por carros de 2012 em diante. O caso aconteceu em Pinheiro.
Além da multa de R$ 12 mil, ele teria que pagar, ainda de acordo com os populares, R$ 6 mil pelo reboque do veículo até São Luís. Pelos vídeos que circulam na internet, é possível ver o veículo pegando fogo. O dono do veículo foi identificado como Silvino Pereira de Sousa Nascimento, de 51 anos.
Além da multa de R$ 12 mil, ele teria que pagar, ainda de acordo com os populares, R$ 6 mil pelo reboque do veículo até São Luís. As informações são do Blog do Vandoval Rodrigues.

https://www.youtube.com/watch?v=ZpKOtbUZvBQ
NOTA
Sobre o incidente ocorrido na manhã de hoje na cidade de Pinheiro durante fiscalização da Agência Estadual de Mobilidade Urbana e Serviços Públicos (MOB) no Transporte Alternativo de Passageiros a MOB esclarece:
1- O micro-ônibus apreendido, incendiado pelo dono, não era cadastrado na MOB, portanto, circulava de forma clandestina e com documentação irregular. Além, disso, o micro-ônibus apreendido tinha ano de fabricação 2003, fora da legislação vigente que diz que para operar no transporte de passageiros o veículo têm limite de 12 anos, além de apresentar requisitos e equipamentos obrigatórios em perfeitas condições de funcionalidade e operacionalidade;
2- Em 2019, a MOB publicou a Portaria 85 que possibilitou o cadastro e a autorização para novos usuários, dando a oportunidade para todos se cadastrarem. A portaria nunca limitou ou estipulou número de vans para cadastramento; Hoje cerca de 2 mil vans são cadastradas em todo o Estado;
3- Ao final do prazo da Portaria a MOB iniciou o processo de Plotagem e Selagem do Transporte Alternativo que possibilitou a identificação dos veículos regularizados e proporcionou mais segurança e conforto para os usuários;
4- As multas aplicadas pelos fiscais das MOB em veículos clandestinos obedecem a legislação vigente;
5- Para a realização das fiscalizações, que estão acontecendo em todo o Estado, a MOB firma parcerias com a Polícia Militar do Maranhão e a Polícia Rodoviária Federal para garantir o bom andamento da operação e a segurança dos servidores da MOB e da população; A MOB esclarece que qualquer ato contra servidor público no uso de suas atribuições configuram crime de Desacato, com pena de detenção ou multa;
6- A MOB reitera que as fiscalizações do transporte alternativo de passageiros seguirá com agenda programada com o objetivo de garantir mais segurança e conforto para a população usuária desse meio de transporte e também para os operadores do sistema.

Uma resposta para “Após ser multado em R$ 12 mil pela MOB, do Governo do Estado, motorista queima a própria van na Baixada Maranhense”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *