Governador em exercício passará pelas cidades de Viana e São João Batista, confiram a programação

O desembargador José Joaquim Figueiredo, natural de São João Batista, passará pela sua cidade natal e pelo município de Viana. Ele assume o Governo do Estado amanhã, 25, e ficará no cargo após o governador, o vice e o presidente da Assembleia Legislativa pedirem licenças.

Desembargador assumirá Governo do Estado amanhã

No cargo de governador interino, o desembargador Joaquim Figueiredo dará continuidade às ações do governador Flávio Dino. Ele pretende somar para a fortalecimento da harmonia e da união existente entre os Poderes gerando benefícios à sociedade, contribuindo para o desenvolvimento do Maranhão.

A agenda, encaminhada ao Blog do Jailson Mendes, começa às 7 horas, com a entrada no Palácio dos Leões, onde ele será recebido pelos secretários Marcelo Tavares, Rodrigo Lagos e Diego Galdino. Após isso, o desembargador Lourival Serejo; o presidente da AMA, Angelo Santos; o presidente da OAB-MA, Thiago Diaz; o procurador geral de Justiça, Luiz Gonzaga; e o defensor geral do estado, Alberto Barros, farão os atos de cumprimento ao governador em exercício.

A agenda continuará com uma coletiva de imprensa, às 10 h, e uma reunião com o deputado Pará Figueiredo, terceiro secretário da Assembleia Legislativa, seguida de reunião com diretores do Tribunal de Justiça e reuniões com secretários de educação, esportes, saúde e com o presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão, Cleones Cunha, em horários alternados. A agenda da quinta-feira termina com uma visita dos membros do Poder Judiciário.

Já na Baixada Maranhense, ele fará visitas aos municípios de Viana e São João Batista. Ele visitará a recuperação da MA-014, inaugura a panificadora de produtos do coco babaçu em Viana, e termina a agenda em São João Batista, onde ele visitará obras do Governo do Estado.

4 respostas para “Governador em exercício passará pelas cidades de Viana e São João Batista, confiram a programação”

  1. Gasto de dinheiro público com miguelagem e babação. O GOVERNADOR em exercício deveria se aproveitar do cargo e do momento para exonerar os come e dorme da SUPERINTENDÊNCIA de nada com coisa nenhuma do governo do estado daqui e de São Vicente, os inúteis.

  2. Não entendi essa de licença coletiva, aqui ele encontrará a cidade parada , a economia da cidade se é que temos alguma tá em nível de queda livre , prefeito não paga e ainda manda o povo se quiser continuar trabalhando que fique, agora receber é ruim heim. Kd os vereadores? Os nossos fiscais , esqueci só lembram do povo na hora dos votos.Não tem um sequer que lute realmente pelo povo.A cidade está empobrecendo e ninguém faz nada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *