Vereador natural de São João Batista estava com 8 mil e revólver na hora que foi morto em Santa Luzia

O vereador João Pereira Serra, conhecido como Jango e natural de São João Batista, estava com 8 mil reais em espécie e um revólver na hora que foi brutalmente assassinado na cidade de Santa Luzia do Paruá.

Nascido no povoado Boticário e vereador do município de Maranhãozinho, Jango vinha da fazenda de propriedade de seu pai, na zona rural de Santa Luzia do Paruá, nas proximidades da BR 316.

Os bandidos usaram escopetas e revólver para executar o político. O delegado regional de Santa Inês não descartou que o crime seja de encomenda e que levaram dinheiro e outros objetos do vereador para causar a impressão de que foi latrocínio.

João Pereira Serra era vereador pelo PSD em Maranhãozinho e foi morto em uma estrada. Os pistoleiros, segundo as primeiras informações, usaram revólver 38 e escopeta e tomaram rumo ignorado.

Ninguém foi preso até agora…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *