Em Penalva, vereadora flagra alunos sendo transportados em carro de boi. Vejam o vídeo

A vereadora Natália Rodrigues irá ao plenário da Câmara de Vereadores do município de Penalva para denunciar e mostrar um vídeo em que aparecem alunos sendo transportados em um carro de boi. A unidade de ensino se chama ‘Unidade Escolar São Benedito’ no povoado Centro das Moitas, de responsabilidade da Prefeitura Municipal de Penalva.

De acordo com as informações passadas pela vereadora ao Blog do Jailson Mendes, cerca de 10 alunos são transportados diariamente dentro da carro para o povoado ‘Bom que dói’, sem oferecer nenhuma segurança às crianças. Além disso, segundo teria informado o condutor do carro de boi, ele teria sido contratado pela prefeitura para fazer o serviço.

No vídeo, é possível visualizar o nome da escola e como os alunos estão sendo transportados. No diálogo que o condutor teve com a vereadora Natália Rodrigues, também é possível constatar que a prefeitura paga pelos serviços do transporte escolar, que segundo ela, remete aos anos do período medieval.

A parlamentar disse que vai mostrar o vídeo hoje no plenário da Câmara de Vereadores de Penalva aos demais vereadores e aos presentes na sessão. O blog enviou a matéria ao prefeito Ronildo Campos e à secretária de educação, Tânia Campos, para possíveis esclarecimentos.

Vejam o vídeo enviado ao blog.

Folha de SJB

6 respostas para “Em Penalva, vereadora flagra alunos sendo transportados em carro de boi. Vejam o vídeo”

  1. É uma falta de respeito com as nossas crianças.. Aonde está o poder publico.. Que vergonha, aonde foi parar o direito da criança e do adolescente.

  2. Bom q doi, povoado onde alguns hectares o ex comprou para criação de gado.
    Agora a respeito do vídeo, creio que esse meio de transporte e fruto da ex gestão que nunca se preocupou com a Educação, a divulgação de casos desse tipo é válido, agora vereadora tente elaborar soluções juntamente com o poder público para tentar resolver a situação, porque só cobrar é muito fácil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *