Briga de ex-funcionários para receber salários atrasados segue na Justiça em Cajapió

Na última terça-feira, 27 de junho, teve mais um capítulo da luta dos ex-funcionários do município de Cajapió para receberem seus vencimentos de dezembro do ano passado, quando Nonato Silva ainda era gestor daquela cidade. Eles acompanharam no Fórum de São Vicente Ferrer, a audiência de uma ação movida pelo Ministério Público contra o município de Cajapió, visando assegurar o pagamento dos ex-funcionários.

]Durante a audiência o Ministério Público solicitou que fossem juntados aos autos processuais novos documentos como a declaração do ex-gestor acerca da prestação de serviços dos servidores, demonstrativos de distribuição e arrecadação do município de Cajapió referente a dezembro de 2016, gráfico com os valores recebidos pelo município em dezembro de 2016 e um CD com os extratos bancários das contas do município em dezembro de 2016.

Segundo os funcionários e a promotora, isso provará que de fato os requerentes são ex-funcionários do município, bem como havia recursos em conta bancária da prefeitura suficiente para efetuar o pagamento dos servidores. Ainda segundo o que o blog colheu, o Ministério Público pediu o bloqueio das contas do município de valor que garanta o pagamento dos salários dos servidores em sua totalidade, pedido que será apreciado pelo juiz após a contestação que o município deverá apresentar.

Porém, a atual administração contesta informações e diz que já pagou os efetivos do ano passado e que isso deveria ser responsabilidade do ex-prefeito Nonato Silva, que saiu com altos índices de rejeição, perdendo as eleições. Inclusive o ex-prefeito exonerou quase todos os funcionários após perder as eleições para o atual prefeito, como o blog já postou em matérias passadas.

Folha de SJB


Em tempos de desinformação, o Blog do Jailson Mendes reforça o compromisso com o jornalismo profissional, comunitário e de qualidade. Nossa página produz diariamente informações na Baixada Maranhense de forma responsável e que você pode confiar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *