Ministério Público pede celeridade para pagamento de ex-funcionários em Cajapió

O Ministério Público ajuizou esta semana uma ação cautelar para pedir celeridade no processo que pode obrigar o município de Cajapió a pagar ex-funcionários do ex-prefeito Nonato Silva, que teriam trabalhado em dezembro do ano passado, quando a cidade ainda era administrado por ele.

Ex-funcionários

Segundo o que o blog apurou, os ex-funcionários trabalharam até dezembro do ano passado na Prefeitura Municipal, mesmo com uma portaria expedida pelo então prefeito Nonato Silva exonerando quase todos os funcionários após perder as eleições para o atual prefeito, Dr. Marcone.

Na semana passada, o blog teve acesso à portaria e o prefeito diz que pagou todos os efetivos do mês de dezembro. Por outro lado, os ex-funcionários ingressaram na justiça requerendo o pagamento e agora o Ministério Público ajuizou uma ação pedindo o pagamento que, se acatada, será pago pelo novo prefeito.

Na ação, a promotora Alessandra Darub, titular da Promotoria de Justiça de São Vicente Ferrer, de onde Cajapió é termo judiciário, diz que é preciso que a justiça acelere o processo e pediu que seja feita urgentemente a primeira audiência entre as partes. Cerca de 30 funcionários estão na ação, que inclusive até os ex-secretários e o atual prefeito, reclamam que não receberam.

Folha de SJB

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *