SindProf se manifesta e vai discutir amanhã projeto que regulamenta jornada de trabalho em São João Batista

Professor Israel Melônio

O Sindicato dos Professores de São João Batista enviou um edital de convocação informando que reunirá, amanhã, a categoria para discutir diversos temas como paralisação nacional e o projeto que está na Câmara de Vereadores, que regulamenta a Jornada de Trabalho dos professores.

Segundo o edital, a reunião será realizada amanhã, às 8 horas, para a adesão da Paralisação Nacional comandada pelo CNTE  e CUT e na oportunidades discutirão a escolha de novos representantes para o Conselho Municipal de Educação e o andamento do projeto de regularização de cargos e funções no município de São João Batista.

Os professores também discutirão o projeto que está na Câmara de Vereadores, que regulamenta a jornada de trabalho dos docentes, de 20 para 40 horas semanais e avaliarão os impactos da paralisação realizada nos dias 15, 16 e 17 deste mês. Em conversa com o blog, o presidente do SindProf, professor Israel, se manifestou contra o projeto de mudança na carga horária.

Ao blog, ele disse que o sindicato irá discutir com a Secretária de Educação e com a Câmara de Vereadores sobre o projeto de lei. “Da forma que está não tem condição, é confuso e não deixa claro o objetivo da extensão da jornada de trabalho, além de não explicitar salário e critérios. Não pode ser aprovado dessa forma, principalmente que não foi discutido com a categoria”, finaliza.

Folha de SJB

4 respostas para “SindProf se manifesta e vai discutir amanhã projeto que regulamenta jornada de trabalho em São João Batista”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *