Em nota ao blog, promotor diz que só quer que a lei seja cumprida e esclarece motivos de ações

Promotor Felipe Rotondo

O promotor de Justiça de São João Batista, Felipe Rotondo, enviou nota ao blog se manifestando a respeito dos protestos que aconteceram hoje pela manhã na cidade. Durante os protestos, os participantes pediram que o Ministério Público pare de ingressar judicialmente contra a contratação temporária.

Em resposta, o representante do Ministério Público Estadual disse que só está fazendo com que a lei seja cumprida e esclarece os motivos que os levou a ingressar na justiça contra o projeto de contratação temporária.

Em nota enviada ao blog, o promotor Felipe Rotondo diz que só quer que a lei seja cumprida em São João Batista. Vejam..

‘Prezado Jaílson Mendes,

Em resposta à matéria veiculada nesta data, a Promotoria de Justiça da Comarca de São João Batista esclarece que a ação movida pelo Ministério Público com o pedido de suspensão de contratação de servidores, refere-se às contratações feitas irregularmente, ou seja, sem a realização de concurso público, contrariando, assim o que define a Constituição Federal.

O dever constitucional do Ministério Público é atuar na defesa da ordem jurídica, do regime democrático e dos interesses sociais e individuais indisponíveis. A instituição continuará o seu trabalho de combate à corrupção e fiscalização da aplicação das irrestrita das leis, zelando pelos direitos de todos os cidadãos de São João Batista.

Atenciosamente,
Felipe Rotondo
Promotor de Justiça’


Em tempos de desinformação, o Blog do Jailson Mendes reforça o compromisso com o jornalismo profissional, comunitário e de qualidade. Nossa página produz diariamente informações na Baixada Maranhense de forma responsável e que você pode confiar.

10 respostas para “Em nota ao blog, promotor diz que só quer que a lei seja cumprida e esclarece motivos de ações”

  1. Pelo trabalho , Promotor . O atual gestor na sua campanha politica andava com um caderno , debaixo do braço anotando os empregos . Esquecendo-se q isso é compra de voto .O povo se Sao Joao Batista, nao estao acostumados com o padrao da lei .

    1. Verdade jussara , o povo vota só por troca de algo , não querem o benefício coletivo , saúde de qualidade, educação , saneamento , infraestruturas, só querem o interesse próprio . As coisas não funcionam assim , uma administração pública tem que ser voltada para o interesse coletivo e não particular . Aprendam a votar povo de São João Batista , parem de votar por interesse , as coisas mudaram , os tempos são outros , não se deixem mais se enganar por políticos que usam isso para ludibriarem vcs e se beneficiarem em cima dos votos de vcs. Aprendam um prefeito é eleito para administrar com seriedade, voto não se vende

  2. JOÃO DOMONICI, AINDA NÃO EXONEROU, OS FILHO E OS SOBRINHOS.
    EDUARDO FICOU COM QUATRO SECRETARIA, E AINDA TÁ POR TRAIS DESSA MANIFESTAÇÃO.

  3. O PROMOTOR DE JUSTIÇA ESTA APENAS CUMPRINDO A LEI.
    JOÃO DOMONICI ESTAR ACOSTUMADO EM DESVIO DE DINHEIRO PÚBLICO, ESSA CONTRATAÇÃO DE MAIS DE 600 NOVOS FUNCIONÁRIOS, E APENAS UMA MANOBRA PRA DESVIAR RECURSOS PAR PAGAR O DINHEIRO QUI EDUARDO FURTOU DO MUNICÍPIO.
    ARROCHA ESSES BANDO DE BANDIDOS DR. FELIPE.

  4. NA ADMINISTRAÇÃO DE EDUARDO A PRIMA DELE FILHA DO FALECIDO AMAZOR, CONHECIDA COMO BABA, RECEBIA MAIS DE 3 MIL E NUNCA SI QUE PISOU EM SÃO JOÃO BATISTA, ESSA NOVA LISTRA DE JOÃO DOMINICI,
    OS SEUS SOBRINHO FILHO DE CAR LINHO E VIGICO JÁ ESTAVA INCRUIDO NA LISTA.

  5. Todos vcs são só contra,despeitados pois pararam de mamar nas suas vaquinhas?????????????pois quando estavam não ligavam se a lei era cumprida. Há tá! !!!

  6. Jailson, esse promotor quer aparecer fazer média, isso porque em são joão batista, as pessoas fazem o que bem entende, como querer fazer a coisa certa? os trabalhadores contratados servidores administrativos e professores temporários estão precisando nesse momento e de um apoio um líder, que possa defende-los todos são pais de famílias, aonde está o sindicato dos professores?? A contratação de servidores e professores temporários foi criada em 1998, por uma emenda parlamentar e pelo congresso nacional, pra que fique claro, como em todas as leis desse país existe uma (Brecha) , a contratação temporária e baseada nessa tal emenda constitucional e outras prefeituras o fazem dentro de regras de consolidação de leis trabalhistas, inclusive com direitos ao FGTS, por isso esse país está desse jeito com tanta brecha!

  7. São João Batista está de parabéns com esse promotor … até que enfim está sendo feita a justiça se Deus é dos homens … não desista promotor !

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *