Confusão para a escolha do representante da Fundação Palmares em São João Batista

Uma confusão se formou em São João Batista para a escolha dos representantes da Fundação Palmares e do movimento negro na cidade. Acontece é que algumas pessoas estariam se organizando para desembarcar a ex-coordenadora de Igualdade Racial, professora Ana Marcia, da representação juntos aos órgãos.

Ana Marcia com o representante da Fundação Palmares no Maranhão

Para isso, ela marcou uma reunião com todos os presidente das comunidades quilombolas na ultima segunda-feira para esclarecer o assunto e fazer a escolha de novos representantes. Acontece é que, segundo ela, não apareceu ninguém e há suspeitas de boicotes de pessoas ligadas também ao movimento.

Ana Márcia, que também é coordenadora municipal da Unegro, disse ao blog que seriam escolhidos três representantes para fazer a articulação junto a Fundação Palmares e aos demais movimentos negros no estado e no Brasil. Ela disse que não quer mais cargo nenhum e que não tem necessidade e nem precisa do cargo para viver.

A professora comandou a Coordenação Municipal de Igualdade Racial, criada pelo ex-prefeito Amarildo Pinheiro. Agora, em 2017, o prefeito João Dominici escolheu o professor Ivaldo Pereira para comandar a pasta, mas ele não assumirá e deixar sua irmã, Maria Angela, no comando da coordenação. A pasta fará parte da Secretaria Municipal de Juventude, Mulher e Direitos Humanos, que por sua vez será comandada pela vice-prefeita, Mayara Pinheiro e Fernando Santos.

A professora Ana Marcia foi a pessoa que mais contribuiu com o movimento negro em São João Batista e, através dela, foram feitas movimentações e avanços na Política Municipal de Igualdade Racial, certificações de comunidades, conferências, capacitações e demais atividades.

Folha de SJB

3 respostas para “Confusão para a escolha do representante da Fundação Palmares em São João Batista”

  1. Essa política domesticada será marca viva de um mandato apequenado e perseguidor. Jamais alguém conseguiu ou conseguirá desbancar os avanços significativos trazidos pela Ana Marcia no comando deste setor aos joanino. Ela representa em numeros gênero e grau o reconhecimento nacional desta ação social em defesa dos negros em nosso município. Perderá muito sua ausência nessa coordenação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *