Professores reivindicam rateio do Fundeb em São João Batista e Ministério Público ingressa com ação

Professores de São João Batista estão desde ontem, 29 de dezembro, em frente a Prefeitura Municipal, em busca do pagamento do rateio do Fundeb na cidade. O movimento foi puxado por sindicalistas e ainda não terminou.

Ontem uma comissão foi recebida pelo prefeito Junior de Fabrício, que pagou ainda ontem o mês de dezembro aos docentes. Porém, agora as reivindicações se concentram a fim de receber as sobras do Fundeb, que não há previsão por parte do governo.

Hoje eles já foram em diversos lugares atrás do prefeito que ainda não falou oficialmente sobre o assunto. Agora a pouco, o promotor de Justiça de São João Batista, Luis Augusto Rotondo, informou que ingressou com uma Ação Civil Pública para obrigar o pagamento de alguns servidores.

Segundo o Ministério Público, a ação foi protocolada hoje contra o município para ele regularizar o atendimento nos postos de saúde e hospital. O blog deve entrar em contato com a assessoria do prefeito para falar sobre o assunto.

Folha de SJB


Em tempos de desinformação, o Blog do Jailson Mendes reforça o compromisso com o jornalismo profissional, comunitário e de qualidade. Nossa página produz diariamente informações na Baixada Maranhense de forma responsável e que você pode confiar.

4 respostas para “Professores reivindicam rateio do Fundeb em São João Batista e Ministério Público ingressa com ação”

  1. Pera ai, falta gente nesse furdunço, a sim lembrei, Valdevi, Simoni, Neide e Nilde, onde eles estão a pouco tempo estavam ate d carro de som na praça e agora nem forma reclamar, pimenta no feofó dos outros é refresco, estão por cima de vcs agora, usaram vcs aquele dia e hj vcs estão pegando na cara. suas bestas. Bem feito, vão ficar é sem dinheiro.

  2. JOANINO,SEU OTARIO, EU POSSO ATÉ FICAR SEM MEEEUUU DINHEIRO, MAS COM ELE VC TAMBEM NÃO FICA, POIS VC VAI RESPONDER É NA FEDERAL SEU LADRAOZINHO DE Fundeb,POIS COM CERTEZA VC ERA UM FANTASMINHA QUE LEVOU UMA RASTEIRA, O MOVIMENTO FOI DE TODA UMA CATEGORIA REVOLTADA E ROUBADA NÃO DE POLITICAGEM, AGORA SE OS QUATRO ACIMA CITADOS NAO POSSUEM ETICA, INFELIZMENTE NAO SAO OS UNICOS E ELES TAMBEM SÃO PROFESSORES, SEM MORAL, SEM PALAVRA OU MELHOR COM FALSO DISCURSO, E NINGUEM PODERIA IMPEDI-LOS DE ESTAREM ALI.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *