Natal Feliz em Olinda Nova do Maranhão beneficia famílias carentes

“Beneficiar as famílias das localidades mais carentes do município, levando cestas básicas e presentes arrecadados em campanha”: Este foi o objetivo do projeto Natal Feliz em Olinda Nova do Maranhão, que envolveu servidores do fórum, cartório, advogados militantes na comarca e da Paróquia São Sebastião.

As atividades, realizadas na manhã desta quinta-feira (15), consistiram na distribuição de brinquedos, cestas básicas, roupas, tudo arrecadado durante a campanha, beneficiando as famílias previamente selecionadas pelo Conselho Tutelar de Olinda Nova do Maranhão, através das Conselheiras Margarida de Jesus Andrade Cutrim e Hermenegilda Vitória Pinheiro Costa. Elas realizaram pesquisa no sentido de detectar as famílias mais carentes da comunidade. A entrega do material arrecadado contou com uma programação especial.

O juiz de direito titular da comarca, Luiz Emílio Braúna Bittencourt Júnior, iniciou a solenidade com um discurso, no qual expôs a necessidade de aproximação do Poder Judiciário com população, mediante ações sociais como essa, a fim de proporcionar melhorias na qualidade de vida dos jurisdicionados. “É gratificante participar de uma ação dessa natureza. Essa aproximação do Judiciário com a comunidade é muito importante”, ressaltou Luiz Emílio Braúna.

Logo após, o magistrado seguiu, acompanhado da secretária judicial Lília Mendes, do assessor judicial Emerson Bruno, do técnico judiciário Rogério César e das conselheiras tutelares, para os povoados mais carentes do município (Mata Praga, Galiza, São Francisco, Bairro Novo e Caranguejo), onde finalizaram a entrega das cestas básicas e dos presentes.

O projeto “Natal Feliz em Olinda Nova do Maranhão”, lançado neste ano, contou, ainda, com a participação dos servidores do fórum, da Tabeliã Claudiany Maria Ramos Cavalcante, dos advogados militantes na comarca, da Paróquia São Sebastião, dos comerciantes e instituições bancárias da região e da população em geral.

Folha de SJB

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *