Luciano Genésio é contra aumento de salários de prefeito, vice e secretários em Pinheiro

Prefeito eleito de Pinheiro, Luciano Genésio

O prefeito eleito de Pinheiro, Luciano Genésio, utilizou as redes sociais para desmentir a informação passada para blogs de que estaria articulando um possível aumento de salário para si próprio a partir de 2017, quando passará a administrar a maior cidade da Baixada Maranhense.

Circula na Câmara de Vereadores um projeto do vereador Stelio Cordeiro, eleito vice-prefeito na chapa de Luciano, para aumentar os salários do prefeito, vice, secretários municipais e subsecretários. Pelo projeto, o salário de prefeito passaria de R$ 13.180,00 para R$ 20.807,60; o de vice-prefeito de R$ 5.632,00 para R$ 14.187,00; secretário de R$ 4.080,00 para R$ 7.951,00 e de subsecretário de R$ 2.225,00 para R$ 3.975,00.

Após o caso ter sido plantado na imprensa como uma articulação do prefeito eleito, Luciano foi a público e desmentiu o factoide e disse está convicto que o atual cenário financeiro do Brasil não permite tal aumento e classificou o suposto aumento como imoral, levando em conta a grande crise política que o país atravessa.

“Eu, João Luciano Silva Soares, Prefeito Eleito da Cidade de Pinheiro-MA para o exercício 2017-2020, venho publicamente afirmar que sou contra o reajuste salarial que é legal, porém, não é moral, tendo em vista a grave crise financeira que vem assolando os municípios e o país. Diante do exposto afirmo que manterei os compromissos e propostas assumidos durante o período eleitoral. Onde estimo ESPERANÇA de dias melhores”, disse o prefeito eleito de Pinheiro.

Folha de SJB

2 respostas para “Luciano Genésio é contra aumento de salários de prefeito, vice e secretários em Pinheiro”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *