Ministério Público vai fazer audiência pública para tratar de salários atrasados em São João Batista

Resultado de imagem para promotoria são joão batista
Promotor de S. J. Batista

O promotor de justiça Felipe Augusto Rotondo enviou comunicado ao Blog Folha de SJB convidando a população de São João Batista para uma Audiência Pública que discutirá a situação de atrasos de salários e acúmulos de cargos na Prefeitura Municipal.

De acordo com as informações, a Audiência Pública será realizada no próximo dia primeiro de novembro, na Colônia de Pescadores e visa discutir a situação funcional, acúmulo ilegal de cargos e atrasos no pagamento de salários de servidores.

O representante do Ministério Público informou que a audiência iniciará às 9 horas da manhã da próxima terça-feira e toda a população de São João Batista está convidada para debater a situação atual em que se encontra o setor do funcionalismo público.

Folha de SJB

3 respostas para “Ministério Público vai fazer audiência pública para tratar de salários atrasados em São João Batista”

  1. O CERTO É O EX-PREFEITO PAGAR TODOS OS ATRASADOS E A PARTIR O MOMENTO QUE O NOVO PREFEITO ASSUMIU ELE TEM QUE PAGAR, ISSO É O CORRETO É NOVO PREFEITO NÃO PODE PAGAR SALÁRIOS ATRASADOS SE ELE NÃO TEM DINHEIROS E O EX-PREFEITO AMARILDO LEVOU TUDO, O PROMOTOR TEM QUE BOTAR O AMARILDO PRA DEVOLVER O DINHEIRO PARA A PREFEITURA PRA PAGAR SUAS ATRASADOS.

  2. gostaria que fosse revisto a situação do ultimo concurso que ta cheio de irregularidades, houve manipulação na soma dos títulos, alguns parentes de políticos foram privilegiados, mera conscidencia ? claro que não, que justiça seja feita, caso contrario não deveria ter prova objetiva, apenas de títulos. uma contradição essas pessoas cheias de títulos, não tiveram nota boa nem na parte especifica da prova objetiva.

  3. Eu gostarias que essa justiça que esta fazendo tudo isso tivesse um pouco de seriedade nas deciçoes. tira um ruim e bota um pior..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *