MISSA CAMPAL VAI RELEMBRAR 50 ANOS DE NAUFRÁGIO DA LANCHA ‘PROTEÇÃO DE SÃO JOSÉ’

Uma missa campal vai relembrar a maior tragédia marítima do Maranhão nesta terça-feira, 27 de outubro, em São João Batista. Amanhã, faz exatamente 50 anos que a Lancha Proteção de São José naufragou na Baia de São Marcos, levando a morte de inúmeros maranhenses, entre eles grande parte da nossa cidade.

Porto da Raposa, em São João Batista

A missa será realizada no Porto da Raposa, pelo padre Cecílio Crispin, da paróquia de Olinda Nova do Maranhão, que está organizando o evento juntamente com a paróquia de São João Batista, as 17 horas. Ambas convidam todos os maranhenses para participarem deste ato simbólico que homenageará os sobreviventes e lembrará dos que se foram.

Na legislatura de 1989 – 1992, por iniciativa do então vereador Zezi Serra, foi sancionada a Lei Municipal que tornou o dia 27 de outubro, dia do naufrágio da lancha Proteção de São José, como feriado municipal.

Folha de SJB

4 respostas para “MISSA CAMPAL VAI RELEMBRAR 50 ANOS DE NAUFRÁGIO DA LANCHA ‘PROTEÇÃO DE SÃO JOSÉ’”

  1. Quero registrar que um dos sobreviventes do trágico naufrágio mora em chapadinha pastor José Neres Pereira foi um dos que estava dentro da embarcação mas Deus o livrou juntamente com os outros sobreviventes.

  2. Quero registrar que um dos sobreviventes do trágico naufrágio mora em chapadinha pastor José Neres Pereira foi um dos que estava dentro da embarcação mas Deus o livrou juntamente com os outros sobreviventes. Jailson me confirme se você recebeu o vídeo do depoimento de José Neres.

  3. ME LEMBRO MUITO DESSA TRAGÉDIA, EU SOU DE BOM VIVER, E CONHECI UM SENHOR QUE POR SINAL ERA PARENTE DO EX DEPUTADO NAN SOUZA,D.ZENAIDE MULHER DO SR.ATALIBA DE OLINDA NOVA,JOSE BRITO DE SAO VICENTE FERRER,ANTONIO MENDES E SEU FILHO AUGUSTO DO POVOADO TABOQUINHA,MANOEL SACRAMENTO CONHECIDO COMO MANOEL CAIPIRA,
    (sobrevivente,se salvou segurando-se em um tonel JUNTAMENTE COM MAIS 8 PESSOAS)

  4. NESSE EPOISÓDIO, ESTAVA MINHA VÓ, ZENAIDE ARANHA. ELA COSTUMAVA DORMIR DURANTE A VIGEM. DESSA VEZ, NUNCA MAIS ACORDOU. DEIXOU MINHA MÃE E MEU AVÔ ATALIBA, APRENCIVOS E SAUDOSOS. TODO O DINHEIRO DA FAMILIA, ELE CARREGAVA PARA REALIZAR AS COMPRAS DE MERCADORIAS. NUNCA FORAM ENCONTATDOS RESTOS MORTAIS OU PERTENCES DELA.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *